Moda

Adepta da moda vegana, Luisa Mell não usa couro nem seda; entenda

Tanise Haas

Do UOL, em São Paulo

Você já deve ter ouvido falar de comida e até de produtos de beleza veganos, mas conhece o modo de se vestir vegano? Para começar, veganismo é uma filosofia de vida que exclui o consumo de produtos de origem animal ou que sejam testados neles. Isso vale para a alimentação e quaisquer outros produtos, inclusive os de beleza e vestuário.

Há oito anos, a apresentadora e atriz Luisa Mell aderiu à causa em seu dia a dia e passou a se dedicar ao resgate de animais, especialmente cães, através de programas de televisão e redes sociais. Uma das bandeiras que ela levanta é que dá, sim, para se vestir com estilo e seguir a moda, mesmo deixando de lado couro, pele, lã, seda, penas e plumas --materiais condenáveis pela lógica vegana.

Luisa confessa que pode ser trabalhoso --e às vezes mais caro-- encontrar substituições, mas incentiva a persistência. “O preço que pagamos pelo consumo não é somente aquele informado na etiqueta. Os custos maiores nos serão cobrados no futuro”, diz.

O primeiro passo para seguir o jeito de se vestir vegano é se tornar uma consumidora consciente e pesquisar muito sobre as empresas que confeccionam as roupas e os materiais utilizados. “O cenário da exploração animal só vai mudar mediante exigência dos consumidores. As empresas passarão a dar mais atenção às suas práticas ambientais na mesma medida em que o consumidor questionar a respeito delas”, fala Luisa.

Confira outras dicas da defensora dos animais:

- Seja uma leitora voraz de rótulos e etiquetas que informam a composição dos produtos;
- Se ainda tiver dúvidas, contate a empresa (SAC, e-mail ou rede social);
- Substitua o couro por material sintético com aparência de couro. Já o couro ecológico não deve ser usado, pois tem pele animal na composição;
- Prefira materiais reciclados, como borracha de pneu e lona de caminhão, e aqueles que estão em abundância na natureza, como palha e bambu. 

Topo