Moda

Especialistas indicam o enchimento de sutiã adequado para cada caso

Cecília Leite

Do UOL, em São Paulo

O sutiã com enchimento é uma opção usada pelas mulheres que gostam de turbinar os seios sem recorrer a procedimentos cirúrgicos. Com o segredinho, é possível sustentar, moldar, apenas proteger ou aumentar a numeração do busto. No entanto, o tipo de enchimento e o tecido da lingerie podem influenciar o efeito final. E a ideia é que fique tudo bem natural, para a mulher se sentir sempre confiante.

"Não há uma regra para o uso do enchimento, vai depender muito mais de como a mulher se sente em relação ao seu corpo do que do seu biotipo", conta Adriana Toci, estilista da DeMillus. Para Natalia Matuck, gerente de estilo da Scala, os modelos com enchimento atendem principalmente quem possui seios pequenos. "Mas eles também são procurados pelas mulheres de seios mais separados ou flácidos, que necessitam de valorização sem precisar apelar para algo muito artificial ou cirurgia", completa. 

Em casos de seios avantajados ou prótese de silicone, o uso de enchimento que proporciona muito volume deve ser usado com cautela para não deixar um efeito artificial. "Cada tipo de enchimento pode ter um efeito diferente. Vários fatores influenciam no resultado, como o formato, o tamanho e a posição do seio, até mesmo a proporção entre a circunferência das costas e do peito", explica Ursula Klayn, coordenadora de estilo da Valisére. 
 
Portanto, o mais indicado é que a mulher experimente os diferentes modelos de sutiã com enchimento e veja com qual deles ela vai conseguir atingir seu objetivo: se sentir mais bonita, mais sensual, mais segura ou mais proporcional, por exemplo. "Para o sutiã vestir bem e o visual ficar mais natural, é fundamental usar o tamanho correto para as medidas corporais da mulher. Isso vale para qualquer lingerie", garante Adriana Toci. A seguir, veja formas de aumentar os seios.
 
Divulgação
Sutiã com enchimento de espuma e efeito push-up, da Miz Couture imagem: Divulgação
Push-up
A função do modelo de sutiã push-up é a de levantar e aumentar o volume dos seios. "O grande diferencial está na modelagem. As palas laterais de um push-up são colocadas na diagonal e, ao vesti-lo, os seios são deslocados para cima e para o centro", explica Alexandra Caieiro, gerente de marketing da Mari M Lingerie. 
 
"O enchimento geralmente é mais usado nos sutiãs de modelo push-up, que já possuem uma engenharia própria para elevar e unir os seios. O enchimento tem a função de aumentar o volume do seio, reforçando o efeito push-up", diz Ursula Klayn, coordenadora de estilo da Valisére.
 
Divulgação
Sutiã com enchimento de espuma graduada, da Scala imagem: Divulgação
Espuma
Sucesso de vendas por ser tradicional e mais barato do que opções muito incrementadas, o enchimento de espuma aparece em vários formatos e pode proporcionar diferentes tipos de resultado. "Geralmente, recomenda-se espuma para mulheres que querem simplesmente aumentar o volume dos seios. São sutiãs ideais para valorizar o decote", diz Carolina Teixeira, gerente de marketing da Jogê. 
 
Para Julia Fantin, estilista da Loungerie, é preciso prezar sempre pelo conforto. "Quanto mais fina a camada de espuma, mais natural será o efeito. Alinhar o formato do bojo com o tipo do decote é a melhor fórmula para acertar", diz. 
 
Entre os diferentes formatos de espuma estão as com corte em "U", apenas para dar sustentação, e tipo bolha (localizada mais abaixo), que ajuda a levantar os seios. A espuma tipo graduada, que possui menos volume quando a numeração do sutiã é maior e mais volume quando a numeração é menor é outra opção bastante usada, e normalmente é a que melhor se ajusta ao seio.
 
Divulgação
Sutiã com enchimento água e óleo, da Valisere imagem: Divulgação
Água e óleo
O enchimento líquido de água e óleo, vendido no Brasil pela Valisére, é um modelo bem específico. "O modelo chamado +Q Silicone é um sutiã de base, porém com enchimento líquido que aumenta o volume do seio sem o efeito push-up", explica Ursula Klayn, coordenadora de estilo da marca. Ele atende a mulheres que buscam o conforto e a sustentação de um sutiã com reforço na base, mas que proporciona um aumento no tamanho dos seios com discrição, sem projetá-los, como acontece em um modelo "push-up".
 
Apesar de ter enchimento líquido, é um sutiã bastante confortável e maleável, mas precisa ser lavado e guardado sempre com mais atenção do que os outros, para durar por mais tempo, já que é considerado uma peça delicada. "Pode ser utilizado quando a intenção é aparentar um busto apenas um pouco maior. Dá um aspecto bonito ao colo, se usar com decotes mais alongados, como o 'V'e o 'U'. Para um efeito natural, é preciso usar na numeração certa, de maneira confortável e sem apertá-lo", explica a personal stylist Thais Cordeiro.
 
Divulgação
Sutiã com enchimento de silicone auto-adesivo, da Jogê imagem: Divulgação
Silicone auto-adesivo
Os modelos de sutiã com enchimento de silicone auto-adesivo são pensados para desaparecer sob as roupas e ainda dispensam o uso de outro sutiã por cima. É uma peça só, que dá um efeito mágico, de como se a mulher não estivesse usando sutiã. No entanto, não serve para aumentar a numeração do busto. "São os melhores para compor um visual de verão, com peças bem leves, e para os vestidos de festa com decotes profundos, para que ninguém perceba que está usando", diz Carolina Teixeira, gerente de marketing da Jogê.
 
"No dia a dia, é um modelo indicado para blusas com decotes muito alongados, na frente ou nas costas. Não traz muita sustentação, principalmente em seios médios e fartos, nem os aumenta, mas protege os mamilos do efeito enrijecido", explica a personal stylist Thais Cordeiro. O sutiã de silicone pode até dar uma leve aumentada nos seios, mas seu atributo principal é o de deixar os decotes livres de marcas.  A peça é delicada. Existe um prazo de validade relativo ao número de lavagens, que pode chegar a 300. 

Divulgação
Sutiã com enchimento de ar e efeito push-up, da Hope imagem: Divulgação
Ar
A Hope oferece um modelo de sutiã com ar, que leva o nome de Push-up Air. Ele cria o efeito push-up, mas com ajuda de ar e não de espuma. "O tecido interno é esticado e ele se amolda ao busto de uma forma confortável. Ele fica bastante cheio, já que o bojo possui um formato bem profundo", explica Gaita Mello, gerente de produto da Hope. O modelo com ar é ideal para quem pretende alcançar um volume maior, mas sem o peso de um sutiã tradicional com espuma. "Ele realmente é uma opção muito mais leve", garante Gaita.
 
"Como é um modelo que pode aumentar mais números do busto, é preciso usar com cautela na hora de compor o visual, para não ficar vulgar", diz a personal stylist Thais Cordeiro. Por isso, é indicado não usar sutiã com enchimento de ar combinado com decotes profundos.
 
Divulgação
Sutiã com enchimento de ar e efeito push-up, da Hope imagem: Divulgação
 
Tecido ideal
Para a consultora de moda Ana Vaz, depois de escolher o tipo de enchimento é preciso acertar na escolha do tecido do sutiã. "Modelos de sutiã com muita textura, como os rendados ou com poás em alto-relevo, deixam sempre uma sensação menos natural para quem vê de fora, já que marcam a maioria dos tecidos", diz Ana. 
 
Para não errar, se pretende aumentar o volume discretamente, é melhor procurar por modelos de sutiãs confeccionados em tecidos lisos de poliéster, poliamida e elastano, que funcionam até mesmo em composições mais justas ou com vestidos leves. "Eles são mais indicados, porque fazem o tecido da roupa deslizar melhor e não travam. Se travar, acaba mostrando como o enchimento do sutiã é mais grosso do que um normal", explica Ana.
 
No entanto, nem sempre os sutiãs confeccionados em tecidos que deslizam são os modelos mais bonitos ou atraentes. Na verdade, os mais complicados de usar, como os de renda, são os favoritos das brasileiras. Para a consultora de moda Ana Vaz, a mulher que não quer abrir mão do enchimento e nem da sensualidade pode procurar por peças estampadas com os tecidos que ajudam a roupa a deslizar.
 
 "Modelos de sutiã em elastano com estampa animal, de cobra e onça, por exemplo, podem ser sensuais também. Trocar os modelos rendados pelos que são forrados com tule, que são bem atraentes e não travam tanto, é outra opção certeira", finaliza Ana.
Topo