Moda

Atualizada em 05.11.2014 20h31

Em evento fechado, Stella McCartney apresenta sua 2ª coleção para a C&A

Manuela Scarpa/Photo Rio News
5.nov.2014 - Stella McCartney chega a evento realizado em SP, para divulgar sua linha de roupas em parceria com a C&A imagem: Manuela Scarpa/Photo Rio News

Bárbara Stefanelli

Do UOL, em São Paulo

A estilista britânica Stella McCartney veio ao Brasil para o lançamento de sua segunda coleção em parceria com a rede de fast fashion C&A. Nesta quarta-feira (5), a filha do ex-beatle Paul McCartney promoveu um pequeno encontro fechado, na capital paulista, com famosas, blogueiras e imprensa, onde teve a oportunidade de falar mais sobre a nova linha que elaborou com a rede de roupas --a primeira coleção foi lançada em 2011 e esgotou rapidamente.

"Essa coleção é muito parecida com o que eu faço na minha própria grife e ela conta com peças icônicas, que não vão cair em desuso rapidamente", afirma. A estilista, que é conhecida por fazer roupas sustentáveis e por não usar pele nem couro, diz que seus pais, Paul e Linda McCartney, foram os principais responsáveis por despertar esse tipo de consciência nela. "Eu cresci no interior, no meio de uma fazenda orgânica. Então, quando entrei para a moda, quis ser mais responsável."

Moda consciente
A designer britânica ainda falou sobre a velocidade insana das confecções populares. "Quando se trata de fast fashion, acredito que o ritmo precisa diminuir." E continua: "Todos envolvidos na criação das roupas precisam ser respeitados e remunerados. É importante tratar os profissionais que participam do processo de maneira correta".

O ritmo dos consumidores também incomoda Stella. "As pessoas compram uma peça e logo jogam fora. É desse lado do fast fashion que eu não gosto. Por isso, fiz uma coleção com peças que não são marcadas por tendências e que possuem bons cortes e tecidos." E afirma: "Essas peças são feitas para durar para sempre".

Paulo Correa, vice-presidente comercial da C&A, também participou do evento. Ao ser questionado sobre onde foram confeccionadas as peças da coleção, disse: "Principalmente no Brasil [em fábricas no Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul] e em países da Ásia [China e Índia]."

2ª coleção
As roupas chegam a algumas lojas da C&A no dia 18 de novembro. A alfaiataria, assim como visuais e cores mais leves, são os pontos altos desta nova parceria. A linha conta com vestidos, macacões, calças e blazers. O jeans aparece em calças flare e em shorts mais lavados. A coleção ainda é composta por peças em comprimentos longos e midi, tops e vestidos bordados, leggings, calças e bermudas.

A estilista ainda confeccionou artigos de moda praia bem do jeitinho (e modelagem) que as brasileiras gostam e com estampas criadas por ela. A nova coleção ainda traz peças infantis. No que se refere aos acessórios, Stella apostou em modelos de bolsas em cores e tamanhos variados.
 
Falando em cores, a cartela desta linha conta com tons pastel, que aparecem em azul, rosa, amarelo, coral, nude, branco e off-white, e é complementada pelo marinho, dourado e preto. As peças custam de R$ 69,90 a 349. 
 
Topo