Vídeos

Grifes apostam em peças personalizadas para reforçar exclusividade; conheça

Danielle Cerati

Do UOL, em São Paulo

Preocupadas em atender cada vez mais consumidoras ávidas por algo único, grifes como Louis Vuitton, Prada, Burberry e Goyard já oferecem serviços capazes de transformar itens considerados restritos em peças exclusivas. Afinal, para essas clientes, não basta ter uma bolsa cobiçada, é preciso que ela tenha a sua identidade.

Este mercado começa a ganhar força no Brasil com apostas que incluem cravação em relógios, aplicação de iniciais em malas e frascos de perfumes, escolha de cores, detalhes e até mesmo criar o seu próprio calçado, escolhendo o material e a altura do salto que achar melhor. Essas são apenas algumas das customizações disponíveis, feitas de forma artesanal e que prometem tornar a experiência de compra mais exclusiva, garantindo um simbolismo especial para o produto adquirido. A seguir, veja os principais serviços de personalização das marcas de luxo.

Jaeger-LeCoultre
Uma das maiores manufaturas relojoeiras do mundo, a Jaeger-LeCoultre oferece três técnicas diferentes para personalizar seus produtos: gravação de nomes, iniciais e datas importantes, cravação com pedrarias e esmaltação com a reprodução de desenhos e pinturas. Os trabalhos são especialmente indicados para o modelo "Reverso", que possui dupla face e uma caixa maior para receber esses detalhes. O preço desta exclusividade é a partir de R$ 500 e leva de três a seis semanas para ser concluído, dependendo do que será realizado e da técnica escolhida. A peça é enviada para a Suíça, onde os metres relojoeiros da marca realizam o processo de personalização.

Goyard
A grife francesa de bolsas e malas é conhecida pelo "marquage", serviço de personalização com aplicação das iniciais, desenhos, brasões e cores especiais. O processo é feito com uma tinta especial, desenvolvida pela própria marca e a loja do Brasil possui o único atelier de customização fora da França. O preço da exclusividade é a partir de R$ 740 e leva de seis a oito semanas para ser concluído.

Parmigiani Fleurier
Com produção artesanal de apenas seis mil peças por ano, a marca de relógio suíço Parmigiani Fleurier trabalha com personalização da embalagem, dos ponteiros e também com gravação de mensagens. Todas as ideias são enviadas para aprovação de Jean-Marc Jacot, diretor artístico da grife. Dependendo do desejo do cliente e da extensão do trabalho, o processo pode levar de três semanas a nove meses, o que influencia diretamente no valor final do produto.

Coach
Famosa por suas bolsas, a marca nova iorquina oferece o serviço de "monogramming" para as tags de identificação, um benefício complementar disponível em todas as lojas do Brasil, somente para tags de bolsa e de mala de viagem. O prazo varia de 1 a 15 dias para as lojas de São Paulo e até 20 dias para os demais estados.

Burberry
Um serviço permanente da grife de luxo inglesa é o "Runway Made to Order", em que os clientes podem encomendar e personalizar peças que acabaram de atravessar a passarela. O consumidor tem duas semanas para fazer o pedido no e-commerce da marca, que chega em até nove semanas. Ainda assim, são eles que recebem o produto antes mesmo das lojas. Hit da marca, o poncho da coleção de Inverno 2014 com as iniciais de quem comprar, não chegou ao Brasil e já está esgotado em todo o mundo. Outra novidade da marca é a gravação das iniciais da cliente no vidro do perfume My Burberry.

Prada
"Made to Order" é o serviço de customização de sapatos da Prada, que permite criar o seu próprio calçado sob medida, podendo escolher entre oito modelos diferentes (scarpins, peep toes, sandálias e plataformas), seis alturas de salto, diferentes materiais (píton, avestruz, camurça, croco) e cores, que pode ser acrescentada na sola e receber ainda as iniciais em dourado ao lado do logotipo da marca. O serviço está disponível na loja do Shopping Cidade Jardim em São Paulo eleva cerca de quatro meses para ser concluído.

Longchamp
Em comemoração aos 20 anos do aniversário de seu carro-chefe, a bolsa "Le Pliage", a marca francesa de malas e bolsas disponibilizou o serviço de customização do modelo. São oito cores para personalizar todas as partes da peça: corpo, fecho, alças, abas, e revestimento. Além disso, a cliente pode optar por incluir suas iniciais na bolsa, com perfurações ou em relevo. O serviço é oferecido no e-commerce internacional da marca e leva de quatro a cinco semanas para ser realizado, já que é feito somente na França  e em algumas boutiques no mundo. O custo varia de modelo para modelo, mas a de couro sai a partir de 600 dólares.

Louis Vuitton
Chamado de "Mon Monogram", o serviço de personalização da Louis Vuitton permite que o cliente estampe suas iniciais, com três letras e em dois tons, com listras verticais ou diagonais, ou até um mix de iniciais e listras. Outra possibilidade é o "Haute Maroquinerie", em que é possível mudar as ferragens, escolher o couro, as alças e estampar o interior com o nome do comprador. Os produtos escolhidos ficam prontos de seis meses a um ano e são confeccionados nas tradicionais oficinas de Asnières, na França.

$!$render-component.split('/')[$math.sub($render-component.split('/').size(), 1)]

Topo