Últimas de Estilo de vida

Campanha critica perguntas machistas nos tapetes vermelhos das premiações

Getty Images
11.jan.2015 - Tina Fey e Amy Poehler no Globo de Ouro imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

Com o início da temporada de premiações, a cobertura jornalística dos tapetes vermelhos vem sempre recheada das mesmas perguntas --encabeçadas pela mais famosa: "quem você está vestindo?" Ainda que o público tenha curiosidade de saber o estilista que assinou o modelo do vestido da celebridade feminina, as conversas comandadas pelos repórteres geralmente são pouco aprofundadas. Criticando tal realidade, a comediante Amy Poehler resolveu criar a campanha "Ask Her More" ("pergunte mais a ela", em tradução livre).

Um dos aspectos que motivaram a atriz é o fato de que as perguntas feitas às celebridades mulheres sempre são menos elaboradas que as realizadas pelos mesmos repórteres aos homens. Poucas perguntas sobre o trabalho, os papéis nos filmes indicados e mais sobre aparência e outras banalidades. "Os grandes tapetes vermelhos estão começando e queremos que a mídia nos pergunte mais do que simplesmente sobre o vestido que estamos usando. Queremos perguntas melhores", escreveu Poehler a partir do seu projeto Smart Girls no Twitter.

"As mulheres no tapete vermelho de fato estão maravilhosas, mas elas são muito mais do que o vestido que estão usando", disse ainda um dos tweets do perfil. O site Upworthy ainda criou um vídeo discutindo o machismo na indústria do entretenimento, valendo-se da discussão. Veja abaixo (em inglês, sem legendas):

Topo