Últimas de Estilo de vida

Rihanna vence processo contra rede de fast fashion

Getty Images
Rihanna vence processo contra a Top Shop por uso indevido de imagem em camiseta imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

Segundo informou o site WWD,  foi confirmado nesta quarta (21) o ganho de causa de Rihanna no processo contra a rede de fast fashion Top Shop, que colocou à venda camisetas com uma imagem da cantora sem sua autorização.

Reprodução
Camiseta com a estampa do rosto de Rihanna, vendida pela Top Shop sem a autorização da cantora imagem: Reprodução
Em 2012 a rede comercializou a peça apenas nas lojas do Reino Unido. A imagem da estampa era de um fotógrafo irlandês que clicou a cantora enquanto ela gravava o clipe de "We Found Love". A imagem foi comprada pela Top Shop de forma legal --ou seja, com a autorização de utilização por parte do fotógrafo.

Em 2013, foi decidido pela justiça britânica que a rede não poderia comercializar a camiseta em questão ou qualquer outra com a imagem de Rihanna sem informar aos consumidores que a peça não possui autorização da artista. No final do ano passado, a Top Shop entrou com um recurso contra a decisão de proibir a venda da peça, mas o tribunal manteve a decisão de que a loja infringiu os direitos da cantora.

De acordo com a AFP, a Topshop alegava que uma celebridade não tem o poder de controlar a reprodução de suas imagens sob a lei inglesa, e usou como exemplo a comercialização de camisetas de Elvis Presley ou Jimi Hendrix sem o pagamento de direitos -argumento este rejeitado pelos juizes.

Reprodução
Camiseta com a estampa do rosto de Rihanna, vendida pela Top Shop sem a autorização da cantora imagem: Reprodução
Topo