Últimas de Estilo de vida

Modelo transexual Lea T figura em lista de mais influentes da moda italiana

Divulgação
Lea T aparece em lista da Forbes sobre as 12 mulheres que mudaram a moda italiana imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

A modelo Lea T virou notícia ao ser selecionada pela revista "Forbes" como uma das 12 mulheres que mudaram a moda italiana, junto a nomes como a editora da revista "Vogue" japonesa Anna Dello Russo e a estilista Miuccia Prada.

"Ela se tornou a primeira modelo transexual a aparecer em uma grande campanha de moda, como foi o caso da parceria com a Givenchy, sob o comando do estilista Riccardo Tisci, em 2010", diz a matéria. Nascida Leandro, em 1981, em Belo Horizonte, Lea é filha do ex-jogador de futebol Toninho Cerezo e hoje mora em Milão. Com a carreira indo super bem, ela, além de já ter sido entrevista pela apresentadora Oprah Winfrey duas vezes, recentemente fechou contrato com a Redken para estrelar as novas campanhas da marca de cosméticos no posto de embaixadora global de 2015.

A Forbes ainda indica que a escolha dos nomes se deu porque  "elas têm uma coisa para causar mudanças ou escrever história, que é sentido tanto localmente quanto em escala global". "Foi uma surpresa quando me avisaram que estava nesta lista. Nunca imaginaria que pudesse estar ao lado de nomes tão importantes e que admiro, como Miuccia Prada, Franca Sozzani, Eva Cavalli e Karla Otto", disse Lea, via comunicado à imprensa.

Topo