Últimas de Estilo de vida

Relembre seis criações de Vivienne Westwood que revolucionaram a moda

Getty Images
Vivienne Westwood tem estilo pessoal excêntrico imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

Ícone da moda dos anos 70, a britânica Vivienne Westwood foi a responsável por consolidar o visual punk transgressor da época.

Enquanto o movimento punk se fortalecia em Londres, a designer era casada com Malcon McLaren, produtor do grupo Sex Pistols. O casal abriu uma loja de roupas que fazia sucesso com as principais bandas do momento na cena inglesa.

Após o divórcio com McLaren, em meados dos anos 80, a estilista se afasta da música e passa a criar coleções autoriais, com profusão de cores, estampas, formas e texturas, apresentando performances e desfiles artísticos, sem deixar sua veia contestadora e política, características do punk, de lado.

Seu estilo transgressor revolucionou a moda e a maneira como ela é apresentada. Para comemorar o aniversário de 74 anos da estilista, o UOL Moda selecionou suas criações mais marcantes.

6 importantes momentos do trabalho de Vivienne Westwood

  • Getty Images

    Xadrez

    O xadrez, principalmente o clássico desenho tartã, que cruza linhas em tonalidades fortes e escuras, como o preto, verde, azul e vermelho, tem forte presença no estilo punk. Mesmo após ter abandonado a cena musical rebelde, a estilista ainda mantém a padronagem em suas criações.

    Imagem: Getty Images

  • AFP

    Sapatos extravagantes

    Os altíssimos e vertiginosos sapatos plataforma criados por Vivienne Westwood dão medo e causam frio na barriga de qualquer modelo que desfile um par. O da imagem ao lado derrubou Naomi Campbell na passarela de uma coleção apresentada em 1993. Suas criações extravagantes para os pés já ganharam diversas exposições pelo mundo, incluindo uma em São Paulo, em 2008.

    Imagem: AFP

  • Getty Images

    Corpo à mostra

    Para Vivienne Westwood, não existe certo ou errado. Para contestar o machismo e as etiquetas sociais, ela frequentemente apresenta modelos com looks que não cobrem todo o corpo. O exibicionismo também é presente em seu estilo próprio. A estilista não tem receio de mostrar sua pele, seios ou partes íntimas.

    Imagem: Getty Images

  • Terry O'Neill/Getty Images

    Punk romântico

    Apesar de ter sido uma das responsáveis por vestir os punks da década de 70, a designer mudou de estilo nos anos 80 e passou a usar outra linha criativa. Seu trabalho ficou conhecido pela intensa mistura de tecidos, cores, estampas, formas e texturas. Vestidos românticos, de séculos passados, eram misturados com referências atuais e roqueiras.

    Imagem: Terry O'Neill/Getty Images

  • Getty Images

    Teatralidade

    As apresentações de Vivienne Westwood nunca são meros desfiles de moda. Além das roupas serem conceituais demais para a comercialização, as criações, o styling e a atuação das modelos sempre envolvem dramaticidade.

    Imagem: Getty Images

  • Getty Images

    Moda política

    Além de estilo musical, o punk foi um movimento contestador. Aos 74 anos de idade, Vivienne Westwood manteve sua essência rebelde dos anos 70 e usa a moda como ferramenta para protestar e fazer campanhas ativistas.

    Imagem: Getty Images

6 importantes momentos do trabalho de Vivienne Westwood

  • Getty Images

    Xadrez

    O xadrez, principalmente o clássico desenho tartã, que cruza linhas em tonalidades fortes e escuras, como o preto, verde, azul e vermelho, tem forte presença no estilo punk. Mesmo após ter abandonado a cena musical rebelde, a estilista ainda mantém a padronagem em suas criações.

    Imagem: Getty Images

  • AFP

    Sapatos extravagantes

    Os altíssimos e vertiginosos sapatos plataforma criados por Vivienne Westwood dão medo e causam frio na barriga de qualquer modelo que desfile um par. O da imagem ao lado derrubou Naomi Campbell na passarela de uma coleção apresentada em 1993. Suas criações extravagantes para os pés já ganharam diversas exposições pelo mundo, incluindo uma em São Paulo, em 2008.

    Imagem: AFP

  • Getty Images

    Corpo à mostra

    Para Vivienne Westwood, não existe certo ou errado. Para contestar o machismo e as etiquetas sociais, ela frequentemente apresenta modelos com looks que não cobrem todo o corpo. O exibicionismo também é presente em seu estilo próprio. A estilista não tem receio de mostrar sua pele, seios ou partes íntimas.

    Imagem: Getty Images

  • Terry O'Neill/Getty Images

    Punk romântico

    Apesar de ter sido uma das responsáveis por vestir os punks da década de 70, a designer mudou de estilo nos anos 80 e passou a usar outra linha criativa. Seu trabalho ficou conhecido pela intensa mistura de tecidos, cores, estampas, formas e texturas. Vestidos românticos, de séculos passados, eram misturados com referências atuais e roqueiras.

    Imagem: Terry O'Neill/Getty Images

  • Getty Images

    Teatralidade

    As apresentações de Vivienne Westwood nunca são meros desfiles de moda. Além das roupas serem conceituais demais para a comercialização, as criações, o styling e a atuação das modelos sempre envolvem dramaticidade.

    Imagem: Getty Images

  • Getty Images

    Moda política

    Além de estilo musical, o punk foi um movimento contestador. Aos 74 anos de idade, Vivienne Westwood manteve sua essência rebelde dos anos 70 e usa a moda como ferramenta para protestar e fazer campanhas ativistas.

    Imagem: Getty Images

Topo