Moda

Marca tem aumento de vendas após fazer campanha com fotos sem retoques

Do UOL, em São Paulo

Quem disse que campanhas que exaltam uma beleza mais natural não dão dinheiro? A American Eagle viu suas vendas aumentarem em cerca de 13% ao anunciar que não faria mais retoques nas imagens da sua linha de lingerie Aerie. 

Em 2014, a marca anunciou que deixaria de usar o Photoshop em suas campanhas e em suas redes sociais. "Não é preciso editar a beleza", falou a presidente Jenifer Foyle, na ocasião.

No trimestre comercial em que a decisão foi colocada em prática, a American Eagles fechou com aumento de 9% nas vendas. No período seguinte, o crescimento foi mais discreto, de apenas 3%. Porém, nos primeiros meses de 2015, houve um pulo de entre 12% e 13% na saída das peças. 

Não se sabe se o salto nas vendas tem mesmo algo a ver com o fim do retoque digital, mas a marca continua com a iniciativa. Nas redes sociais, a American Eagle usa a hashtag #AerieReal para deixar claro aos seus fãs que as imagens permanecem sem retoques. 

Assim, as modelos, mesmo tendo um corpo dentro do padrão de beleza mais exigente, aparecem com barriguinhas salientes, dobrinhas nas costas e até mesmo estrias. Aerie também publica, em seu Instagram, fotos de garotas comuns usando os produtos da marca, que incluem sutiãs, calcinhas e roupas de banho. 

Topo