Moda

Tailandesa sem pernas vira modelo de lingerie e ganha até R$ 4 mil por dia

Do UOL, em São Paulo

Kanya Sesser, que nasceu sem as duas pernas, foi abandonada com apenas uma semana de vida nos degraus de um templo budista na Tailândia. Adotada por uma família norte-americana, a jovem de 23 anos deu a volta por cima e está ganhando cerca de R$ 4 mil por dia como modelo de lingerie. 

De acordo com entrevista para o jornal "Daily Mail", a garota espera mostrar que o diferente também é bastante sensual. "É algo divertido e mostra a minha história", falou Kanya. "Não preciso de pernas para me sentir sexy". 

Skatista e surfista, Sesser trabalha como modelo desde os 15 anos, quando posou para marcas esportivas como Volcom, Nike, Rip Curl Girl e Billabong. "Eu gosto de fazer dinheiro com isso e mostrar para as pessoas como pode ser a beleza". 

"Estas imagens mostram a minha força", Kanya comentou sobre fotos em que aparece de calcinha e sutiã laranjas. "Gosto de me expressar de uma maneira diferente das outras pessoas", completou a jovem, que, longe das câmeras, prefere um look mais natural e praiano. 

Mas, além de modelo, a tailandesa também está treinando para competir em mono-ski nas Paraolímpiadas da Coreia do Sul, em 2018. 

Topo