Moda

Além dos looks: Globo de Ouro terá campanha contra perguntas sexistas

Getty Images
A atriz Julianne Moore posa no tapete vermelho do Globo de Ouro de 2015 imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

A luta contra o sexismo é a maior polêmica de Hollywood atualmente. Jennifer Lawrence e Amy Poehler já deram declarações públicas sobre como as mulheres são ofendidas pela indústria cinematográfica com salários menores que os dos atores e menos destaque como diretoras e comediantes. No tapete vermelho não é diferente: o foco está todo nos vestidos e visual das atrizes, mas quase não surgem perguntas sobre o trabalho destas mulheres.

A marca de cosméticos L'Oreal Paris, patrocinadora do Globo de Ouro, que acontecerá no próximo domingo (10), anunciou que promoverá uma campanha nas redes sociais durante o evento para que as perguntas típicas como “o que você está usando?” sejam substituídas por questionamentos sobre as atuações, as obras e sobre as carreiras das indicadas.

Para isso, a empresa está utilizando a hashtag #WorthSaying, para encorajar as mulheres a falar nas redes sociais sobre suas carreiras, o que gostam ou qualquer coisa que elas achem que vale o registro. 

Divulgação
imagem: Divulgação
A presidente da marca, Karen Fondu, disse ao site americano ADWeek que a empresa sempre acreditou na beleza e valores de cada mulher e a campanha quer mostrar que toda mulher tem mais coisas a dizer que somente comentar sobre a sua beleza.

Durante o evento que premia os melhores do cinema e da TV, as embaixadoras da marca Julianne Moore, Freida Pinto e Eva Longoria ajudarão a promover a hashtag em seus perfis nas redes sociais. Além disso, foi veiculado um anúncio de página inteira na revista “Hollywood Reporter”, assim como peças publicitárias em sites e canais de TV dos Estados Unidos.

Divulgação
imagem: Divulgação
Topo