Moda

Nova edição da SPFW investe no modelo "veja agora, compre agora"

Alexandre Schneider/UOL
Reinaldo Lourenço desfila coleção na SPFWTRANS42 nesta segunda-feira (24) imagem: Alexandre Schneider/UOL

Thalita Peres

Do UOL, em São Paulo

Intitulada SPFWTRANS42, a edição da semana de moda celebra mudanças. Em entrevista ao UOL, Paulo Borges, idealizador e organizador da SPFW, afirmou que a temporada serve como uma provocação. “O TRANS traduz a ideia de ir além. Uma transformação, uma mudança, uma inovação.”  

A SPFW é a primeira semana de moda no mundo a adotar o conceito “see now buy now”. Ou seja, as peças desfiladas estarão nas lojas pouco tempo depois de apresentadas. “A moda vem revendo suas práticas e processos, procurando absorver as mudanças de comportamento, dando uma atenção maior ao consumidor final.” 
 
Amir Slama, que voltou a integrar o line-up do evento desde a última edição, acredita que as redes sociais têm um fator importante no novo conceito. “A demora não faz sentido. Com a velocidade da informação, tudo se torna velho muito rápido”, diz. As peças apresentadas pelo estilista poderão ser encontradas nas lojas a partir de 15 de novembro, com valores entre R$ 400 e R$ 4 mil. 
 
Patrícia Viera, que há 10 temporadas trabalha com o “see now buy now”, também acredita que as marcas estão se reinventando com a rapidez da informação. “Não vamos deixar o cliente desejando algo que não pode ter naquela hora... Não dá mais para esperar.” Quando desfilava suas coleções no Rio de Janeiro, a estilista vendia as peças para as clientes ainda no backstage. 
 
Criada em 2009, a marca LAB, do rapper Emicida e de seu irmão, Evandro Fióti, estreia na SPFW com a coleção Yasuke, que ficou pronta em apenas três meses. As peças estarão em pré-venda no site da marca e disponíveis para compra a partir do dia 7 de novembro. “Na era digital não faz sentido as pessoas assistirem a um desfile e aguardarem meses para comprar aquela peça. As coisas mudam muito rápido”, explica Emicida. O valor médio da coleção é R$ 140. 
 
Nem todos
Valdemar Iódice não entrou no conceito de “see now buy now” da SPFWTRANS42 . “Não entramos neste momento por já estarmos com a coleção de inverno pronta. Nossa venda de atacado começa dia 24 de outubro, portanto toda a coleção estava voltada para isso e o desfile também”. 
Topo