Moda

Armani está cuidando da saúde e vai anunciar mudanças na empresa

Por Marie-Louise Gumuchian

MILÃO (Reuters Life!) - Giorgio Armani está fazendo mudanças em sua agenda para cuidar melhor de sua saúde depois de enfrentar uma hepatite e em breve vai anunciar mudanças em sua empresa, disse o estilista em entrevista à revista Women's Wear Daily.

Visto como o decano da moda italiana, Armani não deu detalhes, dizendo apenas que "haverá algumas mudanças administrativas - de cargos e promoções - que serão anunciadas em breve", segundo a publicação.

O estilista de 75 anos, frequentemente chamado pela mídia italiana de "Rei Giorgio," revelou em maio que tinha tido uma hepatite.

Em ocasiões anteriores ele já manteve os investidores em suspense em relação ao futuro de sua empresa, em alguns momentos dando a entender que poderia colocar suas ações na bolsa e em outros assinalando que talvez vendesse seu grupo.

Indagado se houve discussões recentes, Armani respondeu: "Não, de maneira alguma. Continuo a amar meu trabalho, e, por enquanto, quero continuar a me divertir e seguir meu impulso criativo."

"Com certeza a doença foi motivo para refletir sobre o futuro, mas você entenderá que, nessa situação, minha prioridade foi melhorar de saúde."

Armani disse que está trabalhando menos horas por dia. "Entendi que preciso tomar mais cuidado," disse.

Conhecido pelas linhas clássicas e elegantes e as cores sóbrias de suas criações, ele disse que não mudou sua abordagem para levar em conta as mudanças de ânimo que acompanharam a recessão econômica.

"Nos meus 30 anos trabalhando com moda, já explorei muitos caminhos, desde o minimalismo até o étnico, mas as pessoas esperam de mim o mesmo estilo e não entendem as mudanças," disse. "É esse meu desafio."

Com a crise reduzindo a demanda por peças caras, muitos consumidores estão optando por peças atemporais para ter em seus guarda-roupas.

"Acho que haverá uma onda de roupas simples, minimalistas e atemporais," disse Armani.

"Depois, como sempre acontece na moda, o pêndulo provavelmente irá na direção contrária, e quando a economia começar a se recuperar veremos um retorno ao glamour."

No relatório anual de sua empresa, Armani diz que vê uma redução adicional dos lucros em 2009. No ano passado os lucros líquidos caíram para 128,1 milhões de euros (188,7 milhões de dólares), contra 218,7 milhões de euros no ano anterior.

Armani apostou na arte corporal em seu desfile de moda feminina primavera/verão 2010, visto na quinta-feira dentro da semana de moda de Milão. Suas convidadas incluíram a popstar Janet Jackson e a atriz chinesa Zhang Ziyi.

Topo