Mundo fashion

Grupo de luxo LVMH tem resultado acima do esperado no trimestre

PARIS (Reuters) - A LVMH, maior grupo de produtos de luxo do mundo (detentor de 60 marcas que incluem grifes de moda como Louis Vuitton, Marc Jacobs e Kenzo e de bebidas como Moët&Chandon e Veuve Clicquot), superou expectativas do mercado com uma alta de 14% nas vendas do terceiro trimestre.

A LVMH, primeiro grande grupo europeu do setor de artigos de luxo a divulgar números de terceiro trimestre, confirmou nesta quinta-feira uma retomada mais forte que a esperada na indústria, impulsionada em parte pela expansão na China e também pela fraqueza do euro, o que incentiva compras de turistas.

Analistas estimavam um crescimento de 11% nas vendas, ante uma queda de 3% em 2009, o pior ano para o setor de luxo em mais de duas décadas.

"A LVMH é uma das melhores maneiras de se investir no mercado de consumo de países emergentes já que mais de 40% de suas vendas vêm de compradores de mercados emergentes, especialmente da Ásia", disse Juan Mendoza, que administra um fundo de ações de empresas do setor para o Credit Suisse.

"O crescimento das vendas ultrapassou expectativas que já eram muito elevadas", acrescentou.

As vendas da LVMH nos três meses encerrados em 30 de setembro alcançaram os 5,1 bilhões de euros, superando a média de estimativas de analistas ouvidos pela Reuters, de 4,9 bilhões de euros.

(Por Astrid Wendlandt)

Topo