Moda

InBrands, dona da Ellus e Herchcovitch, faz pedido de oferta de ações na CVM

SÃO PAULO (Reuters) - A InBrands, holding detentora de marcas como Ellus, Richards e Alexandre Herchcovitch, solicitou à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) pedido para uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês).

De acordo com o prospecto preliminar, será feita uma oferta primária e secundária de ações. Detalhes como quantidade de ações, intervalo de preço sugerido e cronograma da operação ainda não estavam disponíveis.

Na oferta secundária, os papéis a serem vendidos encontram-se no Fundo de Investimento em Participações (FIP) PCP, que reúne recursos de ex-sócios do Banco Pactual. O FIP é gerido pela Vinci Capital Gestora de Recursos.

Os recursos obtidos com a oferta primária serão usados, entre outras coisas, para pagamento da aquisição da VR Holdings, compras de novas empresas com marcas de alto padrão e desenvolvimento de um centro de distribuição no Estado do Rio de Janeiro.

No ano passado, a InBrands teve lucro líquido de R$ 20,4 milhões, contra R$ 11,4 milhões em 2009. No primeiro trimestre deste ano, o lucro foi de R$ 500 mil, queda de 80% na comparação anual.

A receita líquida da InBrands, por sua vez, foi de R$ 187,5 milhões em 2010 e de R$ 49 milhões no primeiro trimestre deste ano, crescimentos de 9,8% e de 15,9%, respectivamente.

A InBrands será a primeira empresa de roupas de grife listada na Bovespa desde 2008, quando a Le Lis Blanc abriu seu capital.

O banco coordenador da oferta é o Credit Suisse, com apoio do Itaú BBA, BTG Pactual, Morgan Stanley e Bradesco BBI.

(Por Carolina Marcondes)

Topo