Moda

Chanel deslumbra Paris com desfile sob as estrelas

Getty Images
Modelos no desfile de alta-costura da Chanel para o Inverno 2011 em Paris (05/07/2011) imagem: Getty Images

PARIS (Reuters) - O estilista Karl Lagerfeld, da Chanel, deslumbrou o mundo da moda na terça-feira ao apresentar sua coleção outono/inverno de alta costura, num desfile que evocou a magia de um passeio por Paris à luz das estrelas.

Lagerfeld transformou o Grand Palais, um senhorial espaço de exposições à margem do Sena, em uma versão de contos de fada da Place Vendôme - uma praça parisiense conhecida como reduto do luxo.

Uma estátua prateada de Coco Chanel, fundador da grife, observava tudo de cima de uma reprodução do obelisco que existe no centro da praça - onde na verdade está a imagem de Napoleão Bonaparte.

As roupas exibidas também prestavam homenagem ao chique parisiense, com muito glamour e muito algodão, mas com uma paleta restrita a brancos, pretos, púrpuras e lilases.

 

"Eu gostei, é muito Coco, muito anos 30, mas com um toque de Karl também, essa espécie de toque gótico", disse a modelo italiana Eliza Sednaoui à TV Reuters. "Estou aqui porque gosto do homem por trás da linha, e das pessoas que a montam."

Lagerfeld abriu o desfile com uma procissão de clássicos Chanel, apresentados em lã prateada e cinza, ou combinando de forma contrastante jaquetas estruturadas com saias pretas pesadas.

A alfaiataria é justa no corpo, com saias-lápis abraçando os joelhos e panturrilhas cobertas por meias transparentes, parecidas com calças, e cobertas por uma tira de feltro preto.

Saias compridas e justas então se seguiram na passarela coberta de lantejoulas, junto com vestidos de noite, inteiramente pretos e salpicados por joias, que rebrilhavam à luz dos postes de luz cenográficos.

"Há um sentimento parisiense forte demais em toda a coleção, é realmente algo mágico", disse Diane Kruger, atriz alemã que atua em Hollywood.

Topo