Moda

Para experts de NY, duquesa Kate não dita tendências na moda

REUTERS/Suzanne Plunkett
Príncipe William e a duquesa Catherine no Epsom Derby, em Epsom (4/6/2011) imagem: REUTERS/Suzanne Plunkett

Por Michelle Nichols

Ela enfeitou diversas capas de revistas. Vestidos que usou desapareceram das lojas em poucas horas, mas especialistas na Semana de Moda de Nova York disseram que Kate Middleton é uma seguidora de estilo e não dita as tendências como a falecida princesa Diana.

A nova duquesa de Cambridge tem sido comparada com Diana, cujo estilo, atos de caridade e divórcio escandaloso do Príncipe Charles a tornaram indiscutivelmente a mulher mais famosa do mundo.

Quando Kate se casou com o príncipe William, centenas de milhões de pessoas ao redor do mundo acompanharam a cerimônia na televisão, ansiosas para ver o vestido de noiva desenhado por Sarah Burton para a grife britânica Alexander McQueen.

Durante a visita do casal ao Canadá e aos Estados Unidos em julho, os olhares também estavam voltados para as roupas de Kate.

"Ela é estilosa, mas não está definindo tendências. Ela está seguindo as tendências", disse Gregg Andrews, diretor de moda da rede de lojas de departamento Nordstrom, dos EUA.

"Se você tirar Kate da família real e colocá-la em uma rua de Nova York, você não olharia duas vezes para ela. Ela é uma mulher linda, mas se mistura na multidão."

Embora especialistas discutam o status de Kate na moda, eles afirmam não haver dúvidas de que a nova duquesa de Cambridge e mulher do segundo na linha de sucessão ao trono britânico influencie as pessoas.

"Ela é um ícone de estilo como a Kate Moss? Não. Ela está no radar do público? As pessoas vão ficar obcecadas com qualquer coisa que ela usar não importa o que seja? Sim", afirmou a diretora de notícias de moda da Elle, Anne Slowey.

Assim como a primeira-dama norte-americana Michelle Obama, Kate tem sido elogiada por usar marcas de preço mais acessível. O vestido azul Issa, transpassado na altura do joelho, que ela usou em seu noivado, praticamente desapareceu dos cabides em apenas 24 horas e cópias baratas também sumiram quase que instantaneamente.

"Ela é um ícone no momento? O tempo irá dizer. Ela certamente tem influência. Na posição em que está, não pode ser simplesmente estonteante, como ela é, e não ter influência", afirmou Ken Downing, diretor de moda da Neiman Marcus.

Topo