Moda

Estilista Marc Jacobs deixa Louis Vuitton, diz fonte

Por Astrid Wendlandt e Pascale Denis

PARIS, 2 Out (Reuters) - O estilista Marc Jacobs está deixando a Louis Vuitton depois de 16 anos na marca, disse na quarta-feira uma fonte próxima à empresa francesa LVMH.

Jacobs liderou a transformação da Vuitton em uma marca de luxo mundial, que gera mais de 7 bilhões de euros (9,46 bilhões de dólares) em renda por ano, contribuindo com metade dos lucros da LVMH.

"Marc Jacobs está saindo da Vuitton e vai se concentrar em sua própria marca", disse a fonte sob anonimato.

A marca Marc Jacobs, que também é controlada pelo maior grupo de luxo do mundo, o LVMH, é uma das que mais crescem dentro da divisão de itens de couro e moda do grupo francês.

Marc Jacobs também lançou uma linha de cosméticos em agosto nos Estados Unidos, com distribuição exclusiva da Sephora, a rede de produtos de beleza da LVMH.

A decisão foi tomada quando o crescimento das vendas da Louis Vuitton foi reduzido em 5 por cento no ano passado e a marca tenta se tornar exclusiva. Contratou o estilista de acessórios Darren Spaziani, ex-Proenza Schouler, para incrementar sua oferta em bolsas de couro.

Na quarta-feira Marc Jacobs apresentou sua última coleção para a Louis Vuitton, o canto do cisne que incorporou elementos de seus desfiles passados, como a famosa estação de trem que ele reconstituiu e o carrossel branco que girava as modelos, inclusive Kate Moss, dois anos atrás.

Topo