Moda

Há pelo menos sete interessados em adquirir fatia da Versace

Reuters/Reuters/AFP
Modelos apresentam looks da Versace para o Verão 2014 durante a semana de moda de Milão (20/09/2013) imagem: Reuters/Reuters/AFP

De Milão

Ao menos sete compradores em potencial estão na corrida para fazer uma oferta por uma participação minoritária na casa de moda italiana Versace, que planeja vender uma fatia de 15% a 20% para financiar seu crescimento, disseram fontes próximas ao assunto à Reuters nesta sexta-feira (11).

Os assessores financeiros da empresa -- Banca IMI e Goldamn Sachs -- "disseram a um pequeno grupo de investidores que eles podem levar adiante o processo de oferta", afirmou uma das fontes.

Entre os investidores que estão considerando comprar a participação estão o fundo estatal italiano FSI, a Investcorp de Barein, e as empresas de capital privado Ardian, Permira, KKR & Co, Clessindra e Blackstone, disseram as fontes.

Uma das fontes afirmou que a grife, conhecida pelos vestidos justos ostentados por celebridades como Madonna e Lady Gaga, ainda não fez uma lista de parceiros potenciais, e é improvável que o faça antes da temporada de férias em dezembro.

Outra fonte afirmou que os prováveis interessados foram avisados de que o prazo para manifestações de interesse se encerra em 30 de novembro, mas essa data está sujeita a alterações.

A Versace é inteiramente controlada pela família do finado Gianni Versace, fundador da marca. Sua irmã e diretora de criação, Donatella Versace, possui 20% da companhia; o irmão Santo Versace detém 30%; e sua sobrinha, Allegra, tem 50%.

(Reportagem de Massimo Gaia e Isla Binnie)

Topo