Últimas de Estilo de vida

Estilistas competem para exibir suas criações na passarela do Oscar

AFP

LOS ANGELES, 23 Fev 2011 (AFP) -Os fashionistas, aficionados por moda, vivem um verdadeiro frenesi com a contagem regressiva para o Oscar 2011 em Hollywood, onde estilistas e designs de jóias competem para oferecer vestidos e pedras preciosas para as estrelas que desfilarão na passarela mais famosa do mundo, o tapete vermelho, no próximo domingo.

O espetáculo do Oscar oferece às marcas uma oportunidade única para exibir suas criações mais espetaculares a milhões de telespectadores em diversos pontos do planeta.

A publicidade não tem preço, e esta espécie de tomada de posição tácita por parte das celebridades em relação a uma marca também pode influenciar nas principais tendências da moda para as próximas temporadas; com impacto, finalmente, nas ruas. É um verdadeiro teste para as marcas.

O atemporal e estiloso vestido prateado ou em tons de prata foi o figurino mais popular entre as famosas no último Oscar. Entre elas estava Sandra Bullock, que levou a estatueta de melhor atriz, com um espetacular vestido justo em tons de prateado, da marca Marchesa.

A carismática Helen Mirren seguiu Bullock com um look em prata de Badgley Mischka, Kate Winslet desfilou um platino da maison francesa Yves St. Laurent e Cameron Diaz apareceu magnífica em um tomara-que-caia de saia ampla e perfume vintage de Oscar de la Renta.

Nos anos anteriores, as tonalidades ouro e prata também imperaram no prêmio, onde tanto jovens atrizes como Anne Hathaway (Armani Privé 2009) e Jessica Beal (Prada, 2009), quanto a reconhecida Julianne Moore (Calvin Klein, 2010) caminharam para o teatro Kodak de Hollywood em tons brilhosos.

Nada pode ser mais simbólico do estilo vintage de alta costura como o look de Julia Roberts, que usou um vestido de época memorável em branco e preto, de Valentino, quando ganhou como melhor atriz por "Erin Brockovich", há dez anos.

Cinco anos depois, Reese Witherspoon celebrou sua vitória no Oscar de 2006 com um vintage da maison Dior, um modelo de conto de fadas de tule prateado adornado com bordados de fios de ouro, comprado em Paris, segundo a atriz.

Entre as indicadas deste ano, talvez somente Michelle Williams, postulada por seu papel em "Blue Valentine", poderia usar um look prata, por ter um estilo próprio naturalmente voltado para o clássico, sua marca nas festas de gala e estréias americanas.

Já Helena Bonham Carter parece ter nascido para usar a Alta-Costura de época, dizem alguns, mas a peculiar atriz britânica é conhecida por eleger looks de estilo excêntrico e pessoal: sabe usar um modelo Vivienne Westwood com muita propriedade e defende o estilo gótico. Vale lembrar que a atriz usou um sapato de cada cor no tapete vermelho do Globo de Ouro deste ano.

As principais concorrentes como melhor atriz, Natalie Portman, indicada por seu papel em "Cisne Negro", e Annette Bening, por "Minhas Mães e Meu Pai", têm estilos muito próprios.

Bening só se veste de preto, com a elegância e a modernidade de Armani, ou não tem dúvidas em usar um smoking feminino. Enquanto isso Natalie Portman, no final da gravidez, provavelmente vai escolher para o domingo um modelo da Rodarte, marca que desenhou parte dos figurinos das cenas de dança de "Cisne Negro".

Outras grandes estrelas, como Nicole Kidman, ainda restam para serem vestidas, e para isso os representantes das atrizes são realmente assediados pelos representantes da Lanvin, Chanel, Balenciaga, John Galliano para Dior, Tom Ford e John Paul Gaultier.

Marilyn Heston, que representa a marca Alexander McQueen, Nicole Miller e Zac Posen, entre outros, diz que os stylists, responsáveis pelos looks das famosas, têm pedido estilistas menos conhecidos.

Hoje em dia "talvez aconteça uma reação negativa à existência de X número de pessoas (vestidas) de Versace, Chanel e Dior".

Tom Julian, consultor especialista em moda e estilo para o site Oscar.com, concorda com Heston. "Quantas vezes Gwyneth Paltrow vai usar Tom Ford? Uma grande quantidade de atrizes se dá conta que depois de cinco anos não querem usar o mesmo estilista, disse Julian.

Para os homens, o smoking clássico é o traje eleito para a cerimônia. Colin Firth, o favorito para o Oscar de melhor ator, usa com orgulho um Tom Ford, estilista que se transformou em cineasta e que deu a esse comediante sua primeira indicação ao Oscar, no ano passado, como protagonista de "Direito de Amar".

Topo