Últimas de Estilo de vida

Chocolateiros espanhóis lançam ovos de Páscoa fashion; veja

Anelise Infante

De Madri para a BBC Brasil

Se depender dos espanhóis, a Páscoa de 2009 será vanguardista. Os maiores "chefs" do país criaram ovos de chocolate que revolucionam não apenas no sabor, mas também na aparência.

Fotos: Veja os ovos diferentes criados pelos chocolateiros espanhóis

BBC

BBC

Da cozinha de um dos maiores 'chocolatiers' do mundo saíram criações como estes ovos de Páscoa, batizados de 'Cactus', 'Ninho' e 'Zig-zag' (da esq. para a dir.)


As propostas nasceram nas cozinhas de luxo de Barcelona, onde a tradição dos ovos de Páscoa existe desde 1877. Entre as criações mais badaladas estão a do chef Oriol Balaguer, eleito em 2001 o melhor doceiro do mundo e também chamado de "arquiteto do chocolate".

"É uma honra! Sou formado em Belas Artes e leio muito sobre arquitetura. Isso, evidentemente, se reflete em meu trabalho na cozinha. É uma questão de conceito e filosofia", disse o chef à BBC Brasil.

Dono da maior escola de doceiros da Espanha com representações em 12 países, Balaguer trabalha apenas com doces que têm o chocolate como base. Para ele, os ovos de Páscoa são "jóias gastronômicas".

"Acho que é um presente simbólico e emotivo, que pode perfeitamente unir imaginação, originalidade e arte", afirmou.

Wasabi e açafrão
Balaguer, que durante sete anos trabalhou com o chef catalão Ferrán Adria, tido como o melhor do mundo, lança a cada temporada uma coleção de 12 novos tipos de ovos de Páscoa.

Na série de 2009, a variedade na aparência combina com a revolução dos sabores. O chocolate tradicional se mistura com azeite de oliva, soja ou wasabi (raiz forte).

"Para quem está habituado a combinações tradicionais pode parecer esquisito. Mas eu convido a testar novas experiências. Até porque estamos aqui para provar todos os dias que nem tudo está inventado no mundo dos chocolates", completou.

Já o chef Enric Rovira aposta na fusão entre a cozinha de vanguarda e os sabores conhecidos. Sua linha de produtos pascalinos une os tradicionais licores e frutas secas com pitadas exóticas de gergelim, soja ou açafrão.

"O ponto forte é a qualidade e o desenho", definiu a assessoria de Rovira. Os ovos de Páscoa da linha fashion de especialistas como Balaguer ou Rovira custam entre 82 e 97 euros (aproximadamente R$ 240,00 e R$ 290,00).
Topo