Últimas de Estilo de vida

Raro diamante azul será leiloado em Genebra; veja o vídeo

Um raro diamante azul, de 7,03 quilates, poderá quebrar o recorde de diamante mais caro do mundo quando for leiloado no próximo dia 12 de maio, em Genebra.

Menor do que uma moeda de um centavo, seu preço é estimado entre US$ 5,8 milhões (cerca de R$ 12,9milhões) e US$ 8,5 milhões (cerca de R$ 19 milhões) pela casa de leilões Sotheby's.



A pedra foi encontrada no ano passado, na mina Cullinan, na África do Sul, e está em exposição na Sotheby's de Londres até terça-feira. Ele foi cortado de um diamante bruto de 26,58 quilates.

Da mesma mina saiu o diamante Grande Estrela da África, de 530 quilates, que está entre as joias da coroa britânica.

'Perfeito'
O Instituto Americano de Gemologia (GIA, na sigla em inglês), avaliou o diamante como "sem falhas em sua claridade", a mais alta avaliação que pode ser dada a um diamante.

Cathy Malins, da Petra Diamonds, a empresa de mineração que encontrou a gema, disse que se trata de uma descoberta única, já que há apenas alguns exemplares de diamantes azuis no mundo.

"Em nossa mina na África do Sul nós retiramos entre dois milhões e três milhões de toneladas de pedras por ano, mas seria muita sorte encontrar um, ou talvez dois diamantes azuis no meio delas", disse ela.

"Simplesmente, não sabemos quando vamos encontrar outro desses."
Pouquíssimas minas no mundo produzem diamantes azuis. As gemas adquirem a cor quando o elemento químico boro está presente durante sua formação.

Recorde
Os leiloeiros afirmam que apesar do atual clima econômico, há bastante interesse de potenciais compradores de vários países.

"Ele será comprado por alguém que quer ter o que ninguém mais tem - alguém que queira algo excepcionalmente belo e excepcionalmente raro", disse David Bennett, diretor da Sotheby's na Europa e Oriente Médio.

Em maio do ano passado, um diamante de 3,73 quilates foi vendido em um leilão da Sotheby's por US$ 1.328.444 (R$ 2.973.988 no câmbio atual), estabelecendo o preço recorde por quilate alcançado por uma pedra preciosa em um leilão.

Se o diamante for vendido pelo preço estimado de US$ 8,5 milhões, quebraria esse recorde. O comprador também vai ganhar o direito de nomear a pedra.
Topo