Últimas de Estilo de vida

Chicago também se deliciará com roscas artesanais no Dia de Reis

Divulgação/Tadeu Brunelli
Cupcake de Reis é uma opção para esse 6 de janeiro imagem: Divulgação/Tadeu Brunelli

Chicago - Milhares de roscas de Dias de Reis foram preparadas de forma artesanal em uma padaria de Chicago para serem consumidas nesta sexta-feira, dia 6 de janeiro, como manda a tradição espanhola e latino-americana que foi importada aos Estados Unidos por um empreendedor mexicano.

Este ano, por exemplo, a padaria Happy Cake La Baguette, de Chicago, prevê assar e vender cerca de seis mil unidades desta iguaria característica das festas mexicanas, contou à Agência Efe Rafael de la Vega, um dos supervisores do estabelecimento.

Assim como na Espanha e em muitos países da América Latina, esta padaria americana respeita as tradições das "roscas de reis", deixando a massa repousar durante várias horas antes de decorá-la com pedaços de frutas caramelizadas de chamativas cores, assim como com tâmaras e figos, para depois assá-la.

Em algumas ocasiões, as roscas são recheadas com nata, cabelo de anjo, creme e trufa, e habitualmente são servidas durante o café da manhã com uma xícara de chocolate quente, como manda a tradição.

Como a venda destes bolinhos aumenta a cada ano, a padaria Happy Cake La Baguette convocou seus empregados para que trabalhem dia e noite na produção das chamadas "roscas de reis".

"Não trabalhamos com grandes máquinas, fazemos tudo artesanalmente. Fabricamos as roscas com as mãos, e não com máquinas", declarou à Efe Jesús Salgado, outro dos supervisores.

Salgado explicou que seus companheiros de trabalho usam muita farinha, açúcar, leite, canela, ovo, fermento e outros ingredientes para fazer com que esta delícia gastronômica possa ser consumida no dia 6 de janeiro, data conhecida como Dia de Reis entre espanhois e latino-americanos.

Os movimentos migratórios fizeram com que tradições como esta tenham sido exportadas para inúmeras regiões e, por isso, não é estranho ver padarias de algumas cidades dos Estados Unidos preparando essas roscas, que são procuradas por todas as pessoas que conservam este costume, seja de origem hispânica ou não.

"Nosso fundador, o senhor Gilberto Chavarría, chegou a Chicago há 23 anos. Quando ele chegou da capital mexicana já começou a fazer essas 'roscas de reis' em grandes quantidades. Ele também presenteava muitas pessoas com os doces, principalmente os mexicanos", declarou Vega.

Embora haja variações entre os países, o mais habitual é que a massa da rosca receba também um ou vários bonecos de plástico ou cerâmica.

De acordo com o costume mexicano, a pessoa que encontra o boneco na rosca acaba sendo o padrinho do menino Jesus durante a festa da Candelária, celebrada no dia 2 de fevereiro (40 dias depois do Natal). Nessa celebração mexicana, o menino Jesus é apresentado a familiares e amigos.

Em outros países, as roscas de Dia de Reis recebem pequenas figuras de todo tipo, como as da Virgem Maria, as de São José e até as de animais. A rosca também pode receber uma fava, que antigamente servia para "coroar" por um dia quem encontrava a iguaria "premiada". No entanto, em alguns lugares, o costume estipula que quem encontrar uma dessas pequenas figuras deve pagar outra rosca.

"A cada ano o número de roscas vendidas aumenta, principalmente nas regiões próximas a Chicago. Esse ano, nós vamos assar e vender cerca de seis mil roscas", reiterou satisfeito o empregado.

Topo