Últimas de Estilo de vida

Maquiadores ensinam como acertar no tipo e na cor da base para conquistar uma pele linda

SHÂMIA SALÉM
Colaboração para o UOL

Muitas mulheres erram na escolha da base porque se preocupam primeiro com a cor produto – isso quando não se deixam levar apenas benefícios extras, como hidratação, proteção solar, ação anti-idade, efeito bronzeado ou lifting. “Claro que tudo isso é importante e contribui tanto para a saúde da pele quanto para uma produção mais bonita. Mas o essencial é identificar a textura do produto que melhor combina com o seu tipo de pele”, esclarece o maquiador Sandro Borges, de São Paulo. Uma pele seca, por exemplo, precisa, antes de tudo, de um cosmético cremoso para contornar a falta de brilho. Já a oleosa com tendência à acne pede uma base mais leve, como a líquida, que deixa o rosto com aparência de bem tratado.

 

  • Ana Lima/UOL

    A escolha da base deve ser feita com base em seu tipo de pele e lembre-se: faça o teste de cor sempre no rosto

O passo seguinte é escolher a cor do produto com base na cor da sua pele. “Regra geral, quem é branca ou morena e fica vermelha com facilidade quando se expõe ao sol deve escolher uma base com tom rosado. Já quem se bronzeia fácil, é mulata ou negra se dá bem com base com tom amarelado”, ensina Kaká Moraes, maquiador da Avon.

 

Para se certificar de que fez uma boa escolha, o maquiador Marcos Costa, da Natura, sugere testar o produto no rosto, jamais no dorso da mão ou no antebraço – essas áreas costumam ser mais escuras do que a face. “O resultado deve ser conferido sob a luz natural. Na falta dela a luz fria é uma boa pedida”, completa Marcos. Vale lembrar que a base usada no verão não pode ser a mesma do inverno, já que a pele está mais clara.


Encontre a base ideal para o seu tipo de pele

 

Base líquida
•Indicada para: todos os tipos de pele.
•Efeito esperado: proporciona uma cobertura leve e de efeito natural, que deixa o rosto com aparência de bem tratado e a sensação de não estar usando make. O problema é que não esconde imperfeições.
•Como aplicar: pode ser espalhada com pincel, esponja ou com os dedos, como se fosse um creme. “Comece pela testa, nariz e queixo, depois siga em direção às laterais do rosto. Pule os lábios e pinte as pálpebras superiores e os cantos internos dos olhos se eles estiverem escuros”, explica Sandro Borges.

 

Base foundation
•Indicada para: pele normal, mista ou oleosa.
•Efeito esperado: oferece uma cobertura mais intensa, capaz de uniformizar o tom da pele e suavizar imperfeições como manchas claras, vasinhos e marcas de expressão. É ideal para quem quer uma maquiagem irretocável.
•Como aplicar: da mesma forma que a base líquida, ou seja, com dedo, esponja ou pincel.

 

Base compacta
•Indicada para: todos os tipos de pele.
•Efeito esperado: proporciona uma cobertura média, mais suave do que a da base foundation e mais intensa do que a da líquida. Além disso, confere acabamento aveludado, tanto que algumas marcas até dispensam o pó compacto. Fique atenta na hora de espalhar já que o cosmético acumula com facilidade.
•Como aplicar: “Com pincel específico ou esponja seca, para um efeito mais denso, ou úmida, se o produto for livre de óleo e quiser um resultado sutil”, ensina Sandro Borges. Espalhe sempre do centro para as laterais do rosto.

 

Base mousse
•Indicada para: todos os tipos de pele.
•Efeito esperado: o resultado é bastante parecido com o da base líquida e ainda tem boa fixação. Tome cuidado durante a aplicação porque a mousse confere um pouco mais de brilho ao rosto.
•Como aplicar: “É uma das mais fáceis de espalhar, seja com dedo ou esponja, e sem o risco de deixar acúmulos. Use primeiro na zona T, depois nas bochechas e, em seguida, nas laterais da face”, diz o maquiador Anderson Bueno, de São Paulo.

Base antes da base

Para “fazer uma pele” ainda mais bonita, a sugestão é usar uma pré-base. Também conhecida como primer, trata-se de um creme leve que deve ser espalhado por todo o rosto para disfarçar poros dilatados, linhas finas e rugas.

“Com isso, a superfície fica mais lisa e a base, que pode ser aplicada na sequência, espalha com mais facilidade, fica homogênea e dura mais”, afirma o maquiador Sandro Borges.

 

Base em bastão
•Indicada para: todos os tipos de pele.
•Efeito esperado: como adere bem à pele, é uma das preferidas dos maquiadores para cobrir imperfeições – se elas forem sutis, o corretivo até pode ser dispensado. Por outro lado, exige atenção redobrada na hora do uso para não deixar o rosto manchado.
•Como aplicar: “Passe direto na pele e espalhe com a esponja ou a ponta dos dedos, indo do centro em direção às laterais para garantir uma cobertura homogênea”, diz Anderson Bueno.

 

Base em pó
•Indicada para: pele normal ou oleosa.
•Efeito esperado: promove uma cobertura bem leve, sendo mais indicada para eliminar o excesso de brilho na pele.
•Como aplicar: com pincel grande, passe primeiro na zona T. Esfume o que sobrou no aplicador nas bochechas e na mandíbula até o início do pescoço ou no colo, se for usar uma blusa decotada.

 

Topo