Maquiagem

Pincéis de maquiagem são garantia de bom resultado na frente do espelho; saiba como usá-los

MANUELA BIZ

Colaboração para o UOL

Se você não consegue manter os dedos longe da sua maquiagem, está na hora de rever seus conceitos. Ainda bastante restrito aos profissionais, o uso de pincéis é garantia de um bom resultado na frente do espelho. Segundo o beauty artist Kaká Moraes, aplicar o make com o pincel correto melhora a espalhabilidade dos cosméticos e como consequência, o resultado é sempre mais natural e sofisticado.

  • Getty Images

    Aplicar os produtos com auxílio de pincéis específicos garante um resultado mais leve à maquiagem


Antes de aderir de vez, escolha com carinho seus novos companheiros. Existem produtos para todos os gostos e bolsos, nacionais ou importados, mas sempre leve em consideração que a qualidade é garantia de maior durabilidade. E como eles podem durar até três anos, vale a pena investir. Opte por cerdas naturais, feitas de pelos de animais, que têm o toque mais suave e são mais resistentes. Kaká faz questão de avisar que não há motivos para se preocupar com os bichos, eles não sofrem com a retirada da matéria prima.


Como cada pincel tem uma função específica na maquiagem, não adianta tentar usar o pincel de blush para aplicar a base. Então, reserve espaço na sua bancada para vários modelos diferentes. Na hora de sair às compras você pode optar por kits prontos, alguns têm o tamanho ideal para carregar na bolsa, ou escolher opções avulsas. O importante mesmo é contar com ao menos um pincel diferente para base, pó, blush, sombras e batom, afirma o maquiador Denylson Azevedo, do salão Vila Beauté de São Paulo.
 

O par ideal

 

Não importa a marca, os pincéis da mesma função vão ter sempre características em comum. Kaká e Denylson ensinam a identificá-las e usá-las a seu favor.


Pincel para a base
Tem cerdas longas, retas e chatas. É indispensável para uma pele bem feita porque espalha muito bem o produto garantindo sutileza. Também evita as marcas de dedos que podem ficar no rosto de quem insiste em espalhar a base com as mãos.
 

Pincel para pó facial
Ele é grosso, seu formato é bastante arredondado nas pontas e as cerdas são bastante maleáveis. Quanto maior o pincel, maior sua capacidade de espalhar o pó. Use-o nas bochechas, no queixo, no nariz, na testa com movimentos leves, e observe um acabamento muito mais suave que o obtido com a esponja que acompanha as embalagens de pó-compacto.
 

Pincel para blush
Também é arredondado, mas o tamanho ideal é aquele que se sobrepõe às maçãs do rosto. Sua textura pode variar, mas para um efeito degradê suave, escolha os que misturam cerdas bastante finas e outras mais grossas.
 

Pincel para sombras
Assim como em termos de cor, as sombras oferecem várias possibilidades de forma, por isso aposte em mais de um pincel para efeitos diferentes. Os chanfrados, com cerdas retas firmes e cortadas em diagonal são ideais para aplicar o produto corrigindo as sobrancelhas ou rente as cílios com um traço mais definido, ou ainda para aplicar delineadores em gel. Para esfumar, opte por certas retas cortadas como um quadrado, eles também são ótimos para marcar o côncavo com sombra escura. Se a idéia é fazer um degradê suave de tons, a escolha deve ser um pincel mais cheio, com cerdas arredondadas.


Pincel para delineador
Além dos modelos chanfrados, alguns pincéis para delineador lembram um filete ou pincel 0. Tem poucos pelos e estes devem ser maleáveis, assim é possível controlar o efeito do traço, ou seja, definir se ele é mais grosso ou fino.


Pincel para batom
Delinear os lábios exige muita precisão e cerdas mais firmes e com a ponta estreita. Para preencher os lábios com batom cremoso ou gloss é possível usar uma opção mais larga.
 

Pincel vassoura
O nome já indica o formato de cerdas longas e abertas em leque. Pouco usado entre as mulheres, ele facilita a retirada do excesso de pó ou de partículas de sombra acumuladas abaixo dos olhos.


Guia de manutenção
 

Para manter sua performance, os pincéis precisam de cuidados especiais de conservação e limpeza. A primeira dica de Denylson Azevedo é ter, se possível, mais de um pincél para produtos com pigmento de cor. Por exemplo, sombras iluminadoras e escuras devem ser aplicadas com ferramentas diferentes para manter a pureza do tom. O mesmo acontece com blushes rosados e bronzeadores.


Kaká Moraes também acredita nessa solução, já que molhar os pincéis excessivamente pode danificá-los. Para substituir a lavagem, opte por um lenço de limpeza para retirar o excesso de produto acumulado, sempre passando-o sobre as cerdas com suavidade.


Mesmo com esse cuidado no dia a dia, as cerdas devem ser lavadas. A higienização pode ser feita com produtos de limpeza específicos ou xampus neutros, daqueles indicados para uso em bebês, cerca de uma vez ao mês. A secagem deve ser sempre feita à sombra e com os pincéis deitados sobre uma superfície plana para que suas cerdas não sejam danificadas. Depois de secos, guarde-os sempre em estojos próprios para evitar que as cerdas percam o seu formato e sua função.


Depois disso tudo, é só usá-los à vontade. E para quem ainda não é expert nesta arte, mas ficou com vontade de ter um pincel para chamar de seu, Kaká Moraes indica apenas um pouco de treino com as novas ferramentas e, principalmente, livrar-se do medo de experimentar as possibilidades que elas oferecem.
 

Topo