Últimas de Estilo de vida

Maquiagem de inverno: looks das passarelas em versões para usar na rua

Shâmia Salem e Aline Dini

Colaboração para o UOL

Desfile de moda é espetáculo, por isso, quanto mais ousado o look, melhor. Daí a importância de passar um filtro no visual das modelos antes de copiá-lo para usar no trabalho, na balada, no encontro a dois. “Não dá para levar para a rua, por exemplo, o mesmo make vibrante usado na apresentação da coleção outono-inverno 2010 de Alexandre Herchcovitch. O efeito é lindo, mas o chefe e o namorado podem estranhar”, diz o maquiador Roosevelt Vanini, do salão C.Kamura, em São Paulo.

  • Alexandre Schneider/UOL

    Batom vinho é adaptação para a "vida real" do batom escuro apresentado em desfiles

 

O mesmo cuidado vale para a boca escura destacada pelas grifes Erika Ikezili e Missoni, entre outras. “Tudo bem que o visual vampira está em alta, mas há formas menos impactantes de chamar a atenção para os lábios”, afirma o maquiador Lu Ramos, do salão MG Hair Design, em São Paulo.

 

Para não errar e ainda ficar fashion, o maquiador Saulo Fonseca, de São Paulo, sugere não misturar tendências. “Usar uma em cada ocasião aumenta as chances de acerto. Ou seja, num dia você valoriza os olhos, no outro, a boca, e no restante da produção, vai pelo básico”, ensina ele.

 

Veja algumas das principais tendências de maquiagem para este inverno e como adaptá-las para o dia a dia

 

Pele claríssima

 

  • Alexandre Schneider/UOL

    Pele clara ganha toque de blush para espantar qualquer vestígio de palidez

O que pintou na passarela: Pó facial um ou dois tons mais claros do que o rosto para ‘anular’ a pele e evidenciar a boca ou os olhos.
 

 

Tradução para a vida real: Para não parecer pálida, é preciso seguir duas regras: caprichar na preparação da pele, com hidratante e pré-base, também conhecido como primer, e escolher bem a cor da maquiagem. Na prática, o corretivo e a base devem ser da mesma tonalidade da sua pele e o pó compacto, uma mais clara. “Dê preferência a produtos da linha mineral. Eles são extremamente finos, o que garante um acabamento uniforme, e trazem óxido de zinco, ferro e mica, que conferem delicados pontos de luz”, explica o maquiador Lu Ramos, do salão MG Hair Design.
 

Como fazer:
• Passe o hidratante facial e espere alguns segundos para ele secar.
• Coloque o equivalente a uma ervilha de pré-base na palma da mão e distribua na testa, nas bochechas e no queixo como se fosse um creme.
• Com um pincel ou usando os dedos, espalhe um tiquinho de base líquida ou ‘cremosa começando pela testa, nariz e queixo, e, depois, siga para as outras partes do rosto.
• ‘Suje’ a esponja com corretivo líquido e dê leves batidinhas sobre as olheiras, as acnes, os vasinhos e as demais imperfeições.
• Use um pincel largo e de cerdas arredondadas para aplicar o pó compacto no rosto todo.
• Finalize com uma leve pincelada de blush pêssego ou rosa-seco sobre as bochechas, para ‘quebrar’ a palidez.
 


Boca escura


O que pintou na passarela: Batom roxo e preto e lábios com contorno marcado.


Tradução para a vida real: Tons muito escuros exigem uma produção especial e muita, muita atitude. Para não correr risco e garantir o toque atual, a sugestão é ficar no berinjela, uva ou marrom. Agora, se quiser uma cor mais quente, o vermelho, o vinho ou o bordô são as pedidas. “Seja qual for o escolhido, use batom cremoso e sem cintilância para um visual sofisticado. E tenha sempre à mão demaquilante e hastes flexíveis para corrigir o menor dos borrões, que são proibidos numa boca escura”, avisa o maquiador Roosevelt Vanini, do salão C.Kamura.
 

Como fazer:
• Aplique um hidratante labial para evitar rachaduras e descamação e o batom deslizar mais fácil.
• ‘Suje’ a esponja com corretivo líquido do mesmo tom da sua pele e passe em toda a boca, como se fosse apagá-la.
• Deslize o lápis labial da mesma cor do batom exatamente em cima do contorno da sua boca.
• Espalhe o batom com pincel para que a pintura fique homogênea. “Para não deixar as linhas marcadas, evite esfregar um lábio no outro”, completa Roosevelt.
 


Sobrancelhas marcadas

  • Alexandre Schneider/UOL

    Sobrancelha marcada é tendência nos desfiles e pode ser adaptada para o dia a dia


O que pintou na passarela: Sobrancelhas escurecidas com make e linhas superdefinidas.
 

Tradução para a vida real: Quando bem feitas, as sobrancelhas realmente valorizam o olhar, só não vale parecer que tiveram muita interferência – o que dá um aspecto artificial e, às vezes, envelhecido. “Isso acontece quando se usa lápis preto. Daí a sugestão de adotar lápis e sombra compacta da mesma cor dos pelos. No geral, morenas e negras ficam bem com marrom-chocolate e, loiras e ruivas, com tons de ocre”, indica Lu Ramos.
 

Como fazer:
• Com um pentinho específico ou uma escova de dentes, penteie a sobrancelha.
• Onde houver falhas, faça pequenos traços com o lápis segurando-o de leve e na horizontal.
• ‘Suje’ o pincel fino e chanfrado na sombra e passe-o em toda a extensão da sobrancelha, acompanhando o alinhamento dos pelos.
(fotos para ilustrar: desfiles Reinaldo Lourenço e Vera Wang, todos inverno 2010)


Olhos delineados


O que pintou na passarela: Traço grosso ao redor de todo o olho, que começa na lateral do nariz e vai até bem próximo à calda da sobrancelha.
 

Tradução para a vida real: O risco espesso e longo pesa no visual. Segundo Roosevelt Vanini, o segredo para ficar bonita e na moda é limitar-se ao contorno do olho, sem invadir o nariz ou a sobrancelha. “A espessura do traço deve ser proporcional ao tamanho da pálpebra: quanto maior ela for, mais grossa a linha pode ser, e vice-versa”, ensina o maquiador. Quanto à cor, o preto é o mais indicado para negras e morenas. Loiras e ruivas também pode usá-lo, mas somente à noite. De dia, a recomendação é que fiquem com o marrom. Em tempo: quem não tem habilidade com o delineador líquido pode conseguir o mesmo resultado com lápis ou sombra.
 

Como fazer:
• Incline ligeiramente a cabeça para trás para enxergar melhor a raiz dos cílios.
• Com os dedos indicador e médio, puxe levemente a parte superior da sobrancelha.
• Encoste a ponta do delineador, do pincel finíssimo umedecido e passado na sombra ou do lápis no canto interno do olho e deslize-o rente à raiz dos cílios superiores até o canto externo, engrossando o traço à medida que se aproxima do fim do olho.
• Faça o mesmo nos cílios inferiores e quando chegar ao canto externo dê uma leve puxada para fora, fazendo o efeito ‘gatinho’.
• Arremate com máscara preta para cílios.
 

Topo