Últimas de Estilo de vida

Expo Noivas 2010 oferece novidades para o setor casamenteiro

Monalisa Lins/BOL
Modelos de noivinhos inusitados expostos no estande Cuka Art & Biscuit expostos na edição de 2010 da Expo Noivas, feira organizada de 16 a 19 de setembro em São Paulo imagem: Monalisa Lins/BOL

Lígia Hipólito

Do BOL

Véu, grinalda, cerimônia religiosa e buquê. Esses são alguns dos símbolos que certamente remetem ao universo dos matrimônios. No entanto, o mercado segmentado para aqueles que estão prestes a subir no altar vai além desses adereços. Prova disso é a variedade de produtos apresentados na edição 2010 do Expo Noivas. A feira, que acontece em São Paulo de 16 a 19 de setembro, reúne mais de 190 expositores e é uma boa vitrine para noivas que procuram opções que vão do clássico até o inusitado.

Uma das novidades do evento são os kits 3D: álbuns e vídeos da cerimônia com tecnologia tridimensional. Na área gastronômica, os visitantes encontram opções fora do comum como um bolo montado com 'camadas' de aquário com peixinhos vivos e uma torre de cupcakes como alternativa para a mesa de doces. As lembrancinhas têm uma grande variedade de opções como porta-retratos comestíveis - feitos de chocolate -, chinelos personalizados e fotos dos convidados que viram ímãs de geladeira.

Para quem gosta de fugir um pouco da mesmice, os buquês diferenciados são uma ótima pedida. O tradicional ramo de flores dá lugar a opções como flores de chocolate, sapinhos de pelúcia e até mesmo bonequinhos do Santo Antônio para agraciar as convidadas que pretendem se casar futuramente.

De véu e grinalda

A auxiliar administrativo Camila Paschoal, 30, vai realizar o sonho de muitas mulheres que aguardam ansiosas - a de juntar as escovas de dentes com seus amados. Com data marcada para o casório, que acontece em janeiro de 2011, ela está na fase final dos preparativos e foi conferir as novidades da Expo Noivas. Apesar de ter quase tudo engatilhado, ela deixou o vestido para a última hora. “Pesquisei muito e acabei não encontrando muita coisa que me agradasse e que fosse acessível para meu bolso também. No fim, devo copiar um modelo que vi em uma revista e pedir para uma costureira fazer. Meu custo deve ser de R$ 2 mil. Foi o melhor preço que encontrei”, conta.

Camila, que namora há três anos o funcionário público Henrique Silva, 31, comenta que ela e o noivo decidiram se casar depois de um episódio em que ele levou um tiro e ficou entre a vida e a morte. Recuperado do acidente, ele tomou a iniciativa de oficializar a relação. Desde então, os dois se empenham para realizar a cerimônia.

Sobre os produtos que viu na feira, Camila pretende aderir ao buquê de Santo Antônio. No entanto, achou desnecessária a ideia de um convite cinematográfico. “Acho que o tradicional está de bom tamanho”, finaliza.

Já a noiva Mariana Marques, 26, namora há nove anos e convenceu o noivo de que eles deveriam se casar como manda o figurino. “Quem tem esse sonho mesmo é a mulher e ele acabou concordando”, explica a auxiliar administrativo.

A história de Mariana com o noivo, o gerente comercial Alberto Mendes, 36, tem um episódio bastante curioso: quando já planejavam se casar, o gerente comercial levou os pneus de seu carro para uma recauchutagem. Ao final do serviço, como não tinha dinheiro para pagar, ele ofereceu algumas joias de família como pagamento. Ocorre que o borracheiro também era ourives. E, no fim das contas, ele acabou confeccionando as alianças de casamento. “Ele trocou os pneus do carro dele por nossas alianças”, brinca Mariana.

A auxiliar administrativo ainda não fechou nenhum contrato para a festa de casamento, mas já tem data agendada para setembro de 2011. Como ainda tem tempo, ela aproveita a Expo Noivas para pesquisar algumas coisas. No setor gastronômico, a torre de cupcakes chamou atenção dela. “Acho que é uma boa opção aos bem-casados”, disse.

Mariana ressalta que não faz questão de lembranças personalizadas com os nomes dos noivos. “Eu prefiro oferecer aos convidados algo que seja realmente útil”, comenta.

Apesar dos gostos diferentes para a realização das cerimônias, as noivas certamente têm um sonho comum: que tudo que for usado no casamento marque o início de uma união feliz.

Topo