Beleza

Juiz francês dá controle da L'Oréal para filha de herdeira

Getty Images
Liliane Bettencourt durante o evento Unesco e L'Oréal Awards (05.03.20096) imagem: Getty Images

Courbevoie, França - A filha de Liliane Bettencourt, herdeira da L'Oréal, ganhou o controle sobre os negócios da mãe nesta segunda-feira, disse o advogado dela, quase dois anos depois de ela ter entrado com um pedido na justiça para assumir os negócios, alegando que a mãe estava sendo explorada.

A decisão do juiz significa que os rendimentos e a fortuna da bilionária francesa de 88 anos - inclusive os 30 % de ações da L'Oréal - agora serão administrados por sua filha, Françoise Meyers-Bettencourt, e seus netos.

O advogado de Liliane Bettencourt disse que pretende apelar da decisão. "É uma decisão profundamente frustrante e será difícil informar a sra. Bettencourt sobre ela".

Bettencourt e a sua filha declararam trégua em dezembro sobre a disputa e Meyers-Bettencourt retirou seu pedido de colocar a mãe sob supervisão de um tutor.

A disputa, que provocou investigações sobre alegações, negadas por Bettencourt, de evasão de impostos e financiamento ilegal de membros do partido UMP, recomeçou no verão, quando Bettencourt disse que a filha precisava de ajuda psicológica.

No final de agosto o gabinete do presidente francês, Nicolas Sarkozy, negou as acusações publicadas em um jornal de que ele havia recebido dinheiro da herdeira da L'Oréal para sua campanha eleitoral em 2007.

Topo