UOL Estilo UOL Estilo

17/09/2007 - 20h54

Mechas: Receita de três a quatro tons para criar um look homogêneo

Colaboração para o UOL

Alexandre Schneider/UOL

Após o tratamento, o cabelo apresenta diferentes cores, mas em look homogêneo

Após o tratamento, o cabelo apresenta diferentes cores, mas em look homogêneo

Apesar de confiarmos na nossa habilidade de mexer na cor do cabelo em casa, um look glamuroso, como o do passo-a-passo que você vê no álbum de fotos, deve ser feito por um bom profissional. "É preciso escolher três cores", alerta Juha Antero, colorista do MG Hair.

Estes três tons - que podem virar quatro, se a base do seu cabelo já for tingida - caminham no seguinte degradê: escolha, com ajuda de um profissional, um tom perto da sua cor natural, ou "de fundo", caso o cabelo já seja tingido. Por exemplo: no caso dos cabelos castanhos (amarronzados), o tom pode puxar mais para o mel, caramelo, chocolate. Enfim, é preciso ver a cartela de cores do profissional que você vai consultar. Depois, é hora de escolher um tom "mais longe", ou o mais claro possível em relação ao seu tom natural ou "de fundo" (cada cabelo tem uma medida para o "mais claro possível", é preciso ter bom senso...). Por último, é necessário achar um tom intermediário que sirva de "ponte" entre os outros dois.

Um fator que deve ser salientado é que as tintas não serão misturadas; o "mix" será feito a partir do efeito das mechas no seu cabelo. Para que isso aconteça o profissional deve intercalar as mechas. O aspecto, então, fica homogêneo, mas, na verdade, a técnica utiliza várias cores: a sua (ou a de fundo, no caso de seu cabelo ser tingido), a "cor próxima", "a cor distante" e a "cor ponte". Como os reflexos estão bem fininhos, saindo da raiz, nenhuma destas cores prevalece. E está dada a fórmula do cabelo da moda do verão.(Juliana Lopes)
Hospedagem: UOL Host