UOL Estilo UOL Estilo

25/07/2008 - 18h27

Conheça os cuidados essenciais antes de se submeter a uma cirurgia plástica

DANIELA SALÚ
Da Redação

Reuters

Profissional manipula prótese de silicone. Brasil é um dos campeões em cirurgias plásticas

Profissional manipula prótese de silicone. Brasil é um dos campeões em cirurgias plásticas

O Brasil é um dos países onde mais se realizam cirurgias plásticas. Sonho de muitos homens e mulheres, a operação estética torna-se a cada ano mais acessível - hoje é possível encontrar até parcelamentos em 36 vezes. O crescimento da facilidade para se realizar uma plástica, no entanto, exige cuidado redobrado do paciente para que o desejo de melhorar o visual não se transforme em um problema. Não é incomum encontrar pessoas que passam por cirurgias desse tipo e terminam com um aspecto artificial ou desproporcional - sem contar os pacientes que morrem ou sofrem seqüelas graves.

Na medicina, qualquer cirurgia implica em risco, mas bom senso, cautela e informação são essenciais para aumentar as chances de encarar uma plástica obtendo resultados satisfatórios. No livro "Cirurgia Plástica Manual do Paciente" (BBD Editora), o médico Alan Lancecker, se propõe a fazer um guia minucioso e didático para quem decidiu se submeter a uma cirurgia estética. O autor é membro titular e especialista em cirurgia plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e trabalhou durante três anos na clínica do famoso cirurgião Ivo Pitanguy. UOL Estilo selecionou abaixo alguns trechos da obra para orientar futuros pacientes:

10 maneiras de obter bons resultados:

1. Escolher uma equipe médica e hospital de alto nível.
2. Ter motivações e expectativas realistas.
3. Estar em boa forma física e psicológica no momento da cirurgia.
4. Entender os riscos.
5. Dar tempo a si mesmo para tomar a decisão. Não decidir por impulso.
6. Estar extremamente bem informado sobre o procedimento desejado.
7. Seguir rigorosamente as orientações da equipe médica.
8. Contar com a ajuda da família ou profissional durante a recuperação.
9. Evitar pressão financeira.
10. Melhorar seu estilo de vida: comer melhor, fazer exercícios.

Stock Images

Stock Images

Durante a consulta, o cirurgião plástico deve explicar cada procedimento, incluindo alternativas, riscos e limitações



Situações que contra-indicam a cirurgia estética

- Expectativas não realistas. É importante perceber que o objetivo da cirurgia plástica é melhorar a aparência de uma determinada região do corpo, sendo que não é possível obter a perfeição.

- Ter percepção de uma anormalidade que outras pessoas não vêem. Isso pode indicar dismorfismo corpóreo, que aparece em 5% dos pacientes que procuram a cirurgia plástica. Em casos de cirurgia no nariz essa porcentagem pode chegar a 20%.

- Depressão e/ou problemas psicológicos. A cirurgia plástica não resolve esses problemas, apenas gera um bem-estar que pode durar alguns meses.

- Resolver uma crise de relacionamento.

- Alto risco cirúrgico, quando o paciente possuir alguma doença que torne a anestesia e a cirurgia muito arriscadas.

Escolhendo o medico

A sua decisão final na escolha do médico deve considerar:
1. A formação do médico.
2. A quantidade e a qualidade da informação que você recebe na consulta.
3. Sensação de confiança/empatia durante a consulta.

Durante a consulta, o cirurgião plástico deve:
- Explicar cada procedimento, incluindo alternativas, riscos e limitações.
- Explicar claramente de que forma o procedimento proposto pode ou não melhorar a sua aparência, bem como a extensão da melhora que você pode esperar.
- Usar termos compreensíveis e esclarecer suas dúvidas totalmente.
- Deixá-lo tranqüilo e confortável para discutir sobre todas as suas preocupações.
- Descrever a recuperação em detalhes.

Pergunte ao médico, durante a consulta:
- Qual a sua formação? É membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica?
- Você é especialista na cirurgia que eu desejo?
- Há quanto tempo você faz essa cirurgia e quantas vezes por ano?
- Quais são as técnicas alternativas para o meu caso?
- Como você vai evitar os sinais que são característicos de quem fez cirurgia plástica?
- Vai ser necessário alguma cirurgia no futuro para manter o resultado? Em quanto tempo?
- É você que faz toda a cirurgia?
- Os assistentes fazem exatamente o que durante a cirurgia?
- Você é membro do corpo clínico de quais hospitais?
- Você dá aulas ou escreveu artigos sobre a cirurgia que eu desejo?
- Tenho acesso ao seu currículo?
- Posso conversar com pacientes seus já submetidos a essa cirurgia?
- Pode me mostrar fotos de outros pacientes que fizeram o mesmo procedimento?
- Costuma fazer esse tipo de cirurgia no consultório ou no hospital? Em quais hospitais?
- Quais são os exames pré-operatórios necessários?
- Qual é o tipo de anestesia usado nessa cirurgia e por quê?
- Quais são as complicações mais comuns dessa cirurgia e como corrigi-las?
- Como é a recuperação dessa cirurgia?
- Quem vai cuidar de mim após a cirurgia - você ou seus assistentes?
- Quanto tempo demora para que o resultado final apareça?
- Se for necessário fazer um retoque, haverá cobrança adicional? Côo é feito?
- Qual será meu custo total?

Stock Images

Stock Images

A cirurgia da face é indicada em pacientes com perda do contorno da mandíbula, queda das bochechas e flacidez de pele no pescoço


Cirurgia da face
A cirurgia da face é indicada em pacientes com perda do contorno da mandíbula, queda das bochechas e flacidez de pele no pescoço. Após reposicionar e fixar os tecidos profundos na sua posição original, o cirurgião deve tracionar a pele na direção do couro cabeludo e orelhas e remover os excessos cuidadosamente. O resultado é uma aparência natural e rejuvenescida, com a grande maioria das cicatrizes escondidas dentro do cabelo, acima e atrás das orelhas.

Pergunte ao médico:
1. As incisões serão dentro do meu couro cabeludo?
2. Será necessário fazer alguma coisa na testa e nos olhos?
3. O que é melhor para o meu caso: minilifiting ou a técnica tradicional?
4. Sua técnica vai me fazer parecer uma pessoa diferente?
5. Como evitará a ocorrência de sinais de que fiz a cirurgia?
6. Existem técnicas não-cirúrgicas que podem ajudar a melhorar o resultado?

Stock Images

Stock Images

Dependendo das características de cada paciente, o implante pode ser reposicionado abaixo do músculo peitoral ou abaixo da glândula


Implante mamário
A inclusão de implantes mamários serve para aumentar o volume das mamas, corrigir assimetrias e pode ser utilizada como técnica de reconstrução mamária. Dependendo das características de cada paciente, o implante pode ser reposicionado abaixo do músculo peitoral ou abaixo da glândula. A melhora do aspecto estético das mamas ocorre através do aumento natural de volume, correção da flacidez e preenchimento do pólo superior, realçando um dos principais símbolos da identidade feminina. As incisões devem ser posicionadas estrategicamente na axila, reigão periareolar ou no sulco das mamas, resultando em cicatrizes praticamente imperceptíveis.

Pergunte ao médico:
1. O silicone pode vazar? Qual a conseqüência?
2. É possível usar a gordura lipoaspirada de outra região do corpo e injetá-la nas mamas?
3. Os implantes de mama são permanentes ou têm duração determinada?
4. Quando o implante é colocado acima ou abaixo do músculo?
5. Onde a incisão é feita? Deixa cicatriz?
6. O implante pode ser sentido ou tem alguma textura?
7. Qual é o melhor formato de implante para mim: redondo ou em gota?
8. O implante impede a amamentação?
9. Posso trocar o implante por um de outro tamanho?
10. Vou perder a sensibilidade nos seios?

Stock Images

Stock Images

A lipoaspiração é indicada em pacientes próximos do peso ideal, com gordura localizada e boa elasticidade de pele


Lipoaspiração
A lipoaspiração é indicada em pacientes próximos do peso ideal, com gordura localizada e boa elasticidade de pele. É realizada através de incisões mínimas e cuidadosamente posicionadas. Durante a cirurgia, a gordura é aspirada utilizando cânulas ocas de diferentes tamanhos, visando refinar o contorno da região. O resultado é um contorno corporal mais suave e proporcional, com cicatrizes praticamente imperceptíveis.

Pergunte ao médico:
1. Qual técnica de lipoaspiração recomenda e por quê?
2. Vai usar solução tumescente?
3. Meu procedimento será realizado em um hospital?
4. A lipoaspiração acaba também com a celulite?
5. Se eu engordar depois da lipoaspiração, a região lipoaspirada sofrerá alteração, apresentando um aspecto ondulado?
6. Posso fazer lipoaspiração na barriga e no culote simultaneamente?
7. Quais as possíveis complicações decorrentes desta cirurgia?
8. Mesmo de biquíni, as cicatrizes não são visíveis?

Stock Images

Stock Images

Os ossos e cartilagem devem ser esculpidos de acordo com as características anatômicas de cada paciente


Cirurgia do nariz
A rinoplastia visa melhorar o funcionamento do nariz, corrigindo alterações do dorso e ponta nasal. Durante a cirurgia, os ossos e cartilagem devem ser esculpidos de acordo com as características anatômicas de cada paciente, visando melhorar a harmonia facial. O resultado é um nariz mais delicado, com melhor definição da ponta, retificação do dorso e preservação da função respiratória.

Pergunte ao médico:
1. Você é especialista em cirurgia de nariz?
2. As características do meu nariz possibilitam obter o resultado que eu desejo?
3. Minha respiração pode melhorar com a cirurgia?
4. O convênio pode ajudar a pagar a cirurgia?
5. Se eu não gostar do resultado final, como e após quanto tempo é possível refazer a cirurgia?

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host