Desafio 100 reais: Como montar arranjos florais bacanas gastando pouco e se divertindo muito - 21/09/2009 - UOL Estilo
UOL Estilo UOL Estilo

21/09/2009 - 06h00

Desafio 100 reais: Como montar arranjos florais bacanas gastando pouco e se divertindo muito

CHRIS CAMPOS
Colaboração para o UOL
(Atualizado às 15h de 21/09/09)
Esta é a primeira reportagem que faço para a série "Desafio 100 reais". A missão proposta: ir ao mercado de flores do Ceagesp, em São Paulo, realizado às terças e sextas-feiras, e comprar flores suficientes para bolar 10 opções de arranjos florais para enfeitar a casa, e mais eventuais complementos para realizar a empreitada. Pois lá fui eu, numa manhã cinzenta de sexta-feira, para o mercado. 100 reais é uma quantia que viabiliza muitas compras no Ceagesp, portanto já cheguei toda animada.

DESAFIO 100 REAIS

  • Chris Campos/UOL

    Monte arranjos com várias cores de uma mesma flor


Antes de começar a falar sobre as compras, porém, vale um alerta para aproveitar seu dia no mercado de flores. É preciso chegar bem cedo, já que às 10h30 os comerciantes começam a fechar seus boxes. Como em todo lugar, é preciso pechinchar muito. Dependendo do seu grau de animação ou do mau-humor do comerciante, os preços mudam de freguês para freguês. Muito chato isso, mas é assim que funciona.

Outra dica é inicialmente dar uma olhada geral e resistir ao impulso de comprar no primeiro box que avistar pela frente. Selecione mentalmente o que pretende levar pra casa, dê uma volta pelo setor de flores e só então comece a tirar o dinheiro da bolsa. Já reparei durante as minhas visitas que, às vezes, os boxes mais próximos da entrada do mercado têm preços mais salgados.

Também não se esqueça de levar carrinho de feira ou várias sacolas para carregar as compras. Se for comprar muito, contrate um carregador - vale a pena. E, finalmente, estar em um mercado de flores em que as floriculturas se abastecem não é garantia de produtos 100% frescos. É preciso ficar de olho para garimpar as melhores flores, as mais novinhas. Alguns comerciantes colocam flores mais velhas bem à vista do consumidor como se elas tivessem acabado de chegar da colheita. Ciente disso, começa a delícia do programa.

O Ceagesp é um lugar mágico, praticamente um grande bosque urbano em que você descobre flores que nem sabia que existiam. Foquei meu garimpo em flores clássicas, que possibilitam combinações sempre promissoras: rosas, minirrosas, gérberas, astromélias, cravos e folhagens que podem ser usadas sozinhas ou como complemento dos arranjos florais. E procurei fugir de tentações como a linda Dália negra, vendida a R$ 30, o maço.

Aproveitei a ida ao mercado para comprar ainda alguns acessórios: fita floral (para amarrar buquês) e um coração de espelhos que ficou ótimo como decoração de um vaso de folhagens. Também encontrei uma vela flutuante em formato de flor de lótus, que rendeu um arranjo combinado com gérberas sem os caules em uma banheira. Você pode usar a vela também em grandes bowls nos dias de festa em casa. Na hora de montar os arranjos, optei pelas misturas de cores e por vasos diferenciados, que não necessariamente precisam ter sido feitos para essa função. Uma lata de conserva foi recheada com um lindo buquê de rosas e a jarra da cozinha também entrou na produção, como suporte para um arranjo muito simples e de uma única cor, feito com cravos brancos.

Veja na lista abaixo o quanto foi gasto. Note bem que, no Ceagesp, a maior parte das flores é vendida em maços fechados, com quantidades variáveis de flores.

Rosas grandes (maço com 3 dúzias): R$ 5,00
Rosas médias (maço com cerca de uma dúzia): R$ 4,00
Mini-rosa (maço com cerca de uma dúzia): R$ 3,00
Vela em forma de flor-de-lis: R$ 6,00
Fita floral (pacote com 2 rolos): R$ 5,00
Coração de espelhinhos: R$ 5,00
Gérberas (3 maços de uma dúzia): R$ 21,00
Astromélia (2 maços com cerca de uma dúzia): R$ 16,00
Orquídeas laranjas (buquê): R$ 10,00
Folhagem verde (2 maços): R$ 2,00
Trigo fresco (1 maço): R$ 5,00
Vaso de arruda: R$ 3,00
Cravos brancos (1 maço): R$ 15,00

Dicas boas para combinar as flores nos vasos da sua casa são:

  • Montar arranjos com flores variadas de uma mesma cor.
  • Misturar várias cores de uma mesma espécie também rende arranjos lindos.
  • Evitar combinações do tipo: flor branca com vermelha. Melhor optar por contrastes de cores fortes. Misturar roxo, vermelho, rosa e laranja, por exemplo.
  • Usar folhagens apenas quando elas têm a função de deixar um buquê mais "gordinho".
  • Usar apenas folhagens nos vasos, sem as flores. Na minha visita ao Ceagesp, encontrei trigo fresco, bem verdinho, que coloquei em um vaso transparente para valorizar o efeito das hastes compridas.

    Melhor do que ler é ver como ficaram as flores. Então corra para o álbum de fotos e confira algumas imagens do mercado de flores e também dos arranjos montados especialmente para este "Desafio 100 reais".

    Chris Campos é jornalista e editora do site Casa da Chris
  • Compartilhe:

      Hospedagem: UOL Host