Bem-estar

Vive na correria? Descubra para onde seu tempo está escoando

iStock
Christian Barbosa, especialista em produtividade, dá dicas para você deixar a procrastinação de lado e fazer seu dia render melhor imagem: iStock

Ana Elisa Faria

Do UOL, em São Paulo

"O tempo voou e eu não fiz metade das coisas que precisava" e "para dar conta de tudo o dia tinha que ter 30 horas" são duas frases bem conhecidas pelos procrastinadores.

No entanto, de acordo com Christian Barbosa, especialista em gestão do tempo e produtividade, para resolver essa questão da falta de rendimento --seja no trabalho, na escola ou até nos períodos de lazer-- não é necessário seguir nenhum método milagroso. "Todos querem fórmulas mágicas para serem produtivos, mas não precisa", afirma.

Para ele, entender e aceitar que existe um problema de rendimento são os primeiros passos rumo ao sucesso. "Se a pessoa não compreender que precisa de um novo método, ela não vai mudar", diz. 

Segundo o profissional, é a partir daí que a produtividade vai aparecer. "Ela acontece em três grandes etapas, divididas entre método, atenção e energia".

Método, atenção e energia
Barbosa explica que, depois de assimilarmos uma tática, ou um método para sermos produtivos, o segundo estágio é aprender onde focamos nossa atenção. "Hoje o mundo está cheio de informação. Tem gente que está absorvendo conteúdo de mais e tendo foco de menos", conta. 

A terceira etapa, conforme acredita Barbosa, é a energia, que nada mais é do que a disposição necessária para fazer aquilo que precisa acontecer.
 
Abaixo, seguindo a tríade da produtividade, Christian Barbosa dá seis dicas para você empreender melhor o seu tempo.

Xô, procrastinação!

  • Planejamento de três em três dias

    Christian Barbosa, autor de livros como "A Tríade do Tempo" e "60 Estratégias Práticas para Ganhar Mais Tempo", diz que a ideia de que devemos programar cada dia é equivocada. "O planejamento diário é um erro grotesco que deixa as pessoas mais reativas. Elas ficam com mais urgências e perdem a capacidade de planejar a médio prazo". Segundo ele, o mais eficaz é o planejamento de três em três dias. "Assim, não organizamos só o que vamos fazer hoje, mas criamos tempo para os imprevistos e, sobretudo, para absorver as demandas que surgem naturalmente. Quando você planeja para frente, passa a ter previsibilidade e consegue lidar mais facilmente com os incidentes".

  • Ferramenta única

    É fundamental uma ferramenta para fazermos nosso planejamento. Pode ser uma agenda de papel, um caderno, um aplicativo ou um software. Barbosa, entretanto, ressalta que é preciso ser um instrumento único. "Se você colocar sua lista de tarefas em vários lugares, você não terá uma relação de afazeres e, sim, um monte de incumbências perdidas por aí. Por isso, precisa ser algo centralizado".

  • Pequenas pausas

    Nunca execute tarefas muito grandes. "Hoje em dia, principalmente por conta das redes sociais, a capacidade de atenção das pessoas é bastante reduzida". Nesse quesito, a dica do especialista em gestão do tempo e produtividade é a fragmentação do ciclo de tarefas em meia hora. "Quando quebramos a atividade com pequenas pausas, algo em torno de cinco, dez minutos, ajudamos o corpo a ser mais produtivo e o cérebro a criar mais sinapses. Também conseguimos ficar mais relaxados". Ou seja: dê uma paradinha de tempos em tempos para fazer um alongamento, beber água, ir ao banheiro...

  • Adeus, notificações

    As redes sociais são importantes e fazem parte da rotina, mas você não precisa checar cada foto, vídeo ou mensagem a cada minuto. "As pessoas são interrompidas a todo momento por notificações do Whatsapp, do Snapchat, do Facebook, dos e-mails. Isso rouba o tempo delas. E como param para olhar tudo, acabam não fazendo nada de fato. Eu, por exemplo, desabilitei as notificações. Então, vejo quando quero, quando estou no tempo de fazer aquilo. A tecnologia não me chama quando ela quer e, sim, o contrário", alerta Barbosa

  • Modo avião

    Quem nunca começou a executar uma tarefa e, logo em seguida, o celular tocou --e era alguém de qualquer telemarketing oferecendo uma promoção incrível-- ou o outlook avisou que um novo e-mail chegou e, passados 40 minutos, você se deu conta de que não avançou em uma linha sequer daquela atividade do início? Para evitar que isso ocorra, deixe o notebook e o smartphone em modo avião. "Quando as coisas começam a apitar, você perde o controle e se desfoca muito rápido", diz Barbosa.

  • Energia equilibrada

    Tenha por perto quitutes saudáveis que aumentam a energia, como grãos, sementes, frutas, sucos naturais e sanduíches. "Faça pequenos lanches de três em três horas com alimentos nutritivos. Nosso cérebro depende de glicose para absorver, executar e tomar decisões. Se você passa um longo período sem comer, a glicose diminui e, consequentemente, sua produtividade também", conclui Christian Barbosa.

Topo