Vida saudável

Seis ideias para aumentar a sua resistência aos exercícios físicos

Getty Images
Ainda que pareçam impossíveis, alguns desafios esportivos são factíveis para qualquer pessoa que tenha motivação e determinação, defende Greg Whyte imagem: Getty Images

Escalar o Everest, atravessar o canal da Mancha a nado ou correr maratonas são alguns dos desafios físicos que podem até parecer complexos demais para uma pessoa normal - mas são perfeitamente factíveis. Seu corpo, mesmo não sendo de um atleta profissional, pode aguentar tudo isso - e, segundo especialistas, qualquer um é capaz de executar tarefas que exijam os limites máximos do corpo.

"Eu treino muitas celebridades e já ajudei muitas delas a completar esses feitos que parecem impossíveis", afirmou o especialista em Ciência do Esporte Greg Whyte. "Está claro para mim que até aqueles com pouca experiência e pouco tempo para treinar podem conseguir".

PA
Em alguns momentos, parecia que a apresentadora Davina McCall não iria conseguir completar o desafio, mas ela não desistiu imagem: PA

Whyte foi o treinador da apresentadora inglesa Davina McCall quando ela aceitou, para um projeto de caridade, o desafio de percorrer 800 km em sete dias fazendo triatlo. Ele também foi o responsável por ajudar o comediante Eddie Izzard a completar 27 maratonas em 27 dias.

"Fazer um exercício físico muito exigente é como tudo na vida - é necessário ter determinação, tenacidade e força de vontade para seguir em frente quando cair (e apender com seus fracassos)", disse à BBC o preparador físico e cientista esportivo. "O mais importante é a motivação, que é o que te permite superar os momentos mais difíceis."

Visão e convencimento
Segundo Whyte, qualquer pessoa pode assumir desafios que nunca pensou que poderia alcançar, mas para isso ele lista uma série de recomendações. "É mais fácil ter sucesso se você escolher um desafio de que gosta, se tiver um bom plano de treinamento, apoio e motivação", explicou. Para ele, "a primeira coisa é ter uma visão certa do que se quer fazer e ter a consciência de que isso te tirará da sua zona de conforto. Mas é aí que está a magia."

"E segundo é a força de vontade que você precisa ter para conseguir alcançar o objetivo. Acreditar que você pode é algo que ajuda muito, até mesmo quando vozes internas e externas te dizem que você irá fracassar."

PA
Conhecido como o "Homem maratona", o comediante Eddie Izzard completou 27 maratonas em 27 dias para uma campanha de caridade imagem: PA

Essas são as "chaves" do método de Whyte para aumentar a resistência das pessoas que treina. Ele também sempre as submete a um exaustivo check-up médico para poder detectar qualquer problema físico que possa aparecer.

Veja as seis dicas do especialista:

1. Curto e eficaz
Por muito tempo, acreditou-se que correr longas distâncias em um ritmo constante era a melhor maneira de queimar a gordura do corpo.

No entanto, agora sabe-se que os treinamentos com intervalos de alta intensidade podem ser muito efetivos na hora de reduzir a gordura e aumentar a quantidade de calorias queimadas no metabolismo.

Um circuito de treinamento, aulas de alta intensidade ou rotinas com variações na esteira e na bicicleta estática são formas muito efetivas para queimar calorias, mas elas não podem durar mais do que de 30 a 45 minutos.

E se a intensidade for variada corretamente, nem é necessário que a atividade dure tudo isso.

É preciso pensar também no lado prático, já que esse tipo de exercício pode ser feito a qualquer momento do dia - e isso pode ajudar muito a manter uma regularidade que te trará benefícios a longo prazo.

2. Esqueça a balança
Quando se trata de queimar gordura, o que realmente importa: ver seu peso diminuir todo dia na balança ou manter uma aparência saudável? São duas coisas muito diferentes, já que é possível perder peso e ter uma aparência pouco saudável.

Thinkstock
Peso não é sinônimo de saúde, alerta o especialista imagem: Thinkstock

O peso e o índice de massa corporal são indicadores pouco confiáveis para medir a saúde das pessoas, sendo muito melhor observar a composição do corpo e a forma física.

Por exemplo, você pode treinar forte, correr, levantar pesos na academia e isso te permitirá ganhar músculos. Nesse caso, é muito provável que você permaneça com o mesmo peso, mas se sentirá muito melhor.

É mais saudável focar em fortalecer os músculos e melhorar sua forma física e a porcentagem de gordura no corpo do que preocupar-se apenas com os números da balança. É importante fazer o controle de seu progresso para saber se você está indo no caminho certo.

3. Faça uso dos pesos
É fácil pensar que, se você quer perder peso, a musculação não é uma boa estratégia - mas não é bem assim. Ao aumentar a massa muscular do seu corpo, você também aumenta seu ritmo metabólico em repouso, algo que lhe permitirá queimar mais calorias até mesmo quando não estiver fazendo exercício.

Os maiores músculos do corpo humano são os glúteos, o músculo posterior da coxa (isquiotibiais) e o quadríceps e, quando eles são trabalhados com intensidade, o próprio corpo vira um caldeirão de queimar calorias.

Getty Images
Antes de iniciar qualquer atividade esportiva regular, como a natação ou o triatle, por exemplo, é importante elaborar um plano de treinamento traçando seus objetivos imagem: Getty Images

Isso também vai fazer com que os músculos fiquem mais fortes e trabalhem por mais tempo.

4. Pratique exercícios físicos em grupo
Outro aspecto importante dos exercícios físicos e que não pode ser ignorado é seu benefício social. Quando você faz aulas de spinning ou outros tipos de treino e musculação sozinho, não consegue se divertir e se motivar da mesma forma como quando está com amigos.

A companhia é uma excelente forma de motivação e estímulo a seguir com a prática esportiva a longo prazo. As aulas em grupo são uma boa forma de manter a disciplina necessária - e também permitem que você veja em seus companheiros de grupo algumas metas que quer alcançar.

5. Experimente coisas novas
O segredo para manter uma rotina de exercícios durante o ano todo é que ela seja divertida e variada, mas sem se esquecer do principal, que é se manter ativo.

Getty Images
Encontrar um exercício que te divirta é algo importante para conseguir manter o plano de se exercitar a longo prazo imagem: Getty Images

A psicologia é um aspecto que cumpre um papel crucial na atividade física e, se você não pensa em ser um atleta de elite de uma modalidade específica, o maior benefício disso é que você pode trocar de exercício quando estiver entediado.

O mais importante, porém, é não parar, não desistir. Você pode tentar exercícios de alta intensidade na academia, corrida ao ar livre, natação, bicicleta, musculação e tantas outras opções que te manterão motivado ao longo de todo o ano.

6. Não acredite em falsas promessas
Se o que você quer é ter uma vida mais saudável e melhorar sua forma física, você deve esquecer aquelas propagandas e fórmulas "mágicas" de revistas ou produtos que prometem um resultado imediato.

A melhor forma de conseguir ficar em forma e ser saudável é fazendo um plano a longo prazo, que possa ser adaptado a mudanças de saúde e de condição física.

Essa é a única fórmula que lhe permitirá ir aumentando sua resistência gradualmente sem ficar entediado.

Topo