Boa forma

Nove em cada 10 pessoas não consultam médico antes de iniciar prática de esportes

Do UOL Ciência e Saúde

Em São Paulo

Levantamento realizado pela Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo com base nas informações do Ambulatório Médico Esportivo do hospital estadual Ipiranga apontou que 90% dos esportistas não realizam consultas médicas ou exames cardiológicos antes de começarem a praticar uma atividade física. Por isso, nesses atletas a quantidade de lesões musculares provocadas pelo erro de treinamento é grande.

Segundo o estudo, entre as lesões mais frequentes que acometem os esportistas, 70% ocorrem no joelho e os outros 30% estão divididos entre lesões musculares, entorses de tornozelo, fraturas e contusões.

Para o diretor do Ambulatório, Ricardo Galotti, esses números revelam uma situação preocupante. “Se uma pessoa com patologias cardíacas praticar um esporte que exija muito esforço, ela poderá ter complicações que podem levá-la a morte. As patologias ortopédicas também podem piorar com uma atividade física inapropriada”, explica.

Dos 700 pacientes atendidos no ambulatório em 2010, 60% praticavam futebol, 20% atletismo, 10% artes marciais e outros 10% praticavam modalidades como voleibol, skate e surf.  Entre os praticantes de futebol, a maioria das lesões foi constatada no joelho. No caso do atletismo, as principais lesões ocorreram nas pernas e nos músculos. Já os praticantes de artes marciais, como o Kickboxing, apresentaram lesões principalmente no nariz e na coxa.

“Passar por uma consulta médica antes de iniciar qualquer prática esportiva é fundamental para prevenir complicações de saúde e para saber qual é o exercício é mais adequado ao quadro clínico de cada pessoa”, diz Galotti.

O Ambulatório Médico Esportivo do Hospital Ipiranga é especializado em orientações esportivas para atletas, profissionais ou não, prescrição de exercícios físicos e tratamento de lesões. Os atendimentos ocorrem todas as quintas-feiras, a partir das 12h30, para pacientes com encaminhamento de postos de saúde ou outros serviços.

Topo