Alimentação

Comer fora combina com dieta e ajuda a perder peso, diz pesquisa

Do UOL

Em São Paulo

Comer fora pode ser um perigo com mais chances de consumir comidas calóricas, aumentando os riscos de engordar. Mas, de acordo com novo estudo publicado no Journal of Nutrition Education and Behavior, isso não acontece com quem está em um programa de prevenção do ganho de peso.

Os pesquisadores analisaram 35 mulheres com idade entre 40 e 59 anos que comiam frequentemente fora e as dividiram em dois grupos para realizar uma dieta de seis semanas. Dezenove mulheres foram selecionadas para seguir o programa e emagreceram mais em comparação com as 16 que não participaram da prevenção.

As participantes que estavam no grupo de prevenção do ganho de peso participaram de reuniões semanais com duração de duas horas que incluíam discutir e aprender a selecionar os alimentos de acordo com suas calorias, saber quais objetivos deveriam cumprir naquela semana, além de estratégias para comer e meditação, que ajudava as mulheres a sentir melhor o cheiro e a textura da comida.

No fim do estudo, os cientistas descobriram que as mulheres que participaram do programa consumiram menos calorias e gorduras do que as outras e perderam em média dois quilos enquanto as que não participaram só perderam 230 gramas.

A quantidade de vezes que as mulheres comiam fora não diminuiu durante o estudo, o que indica que o conhecimento passado nas reuniões foi útil para selecionar o que era melhor comer para manter a forma.

Incentivo

Como um incentivo para que as mulheres comparecessem às reuniões, os pesquisadores deram um vale-presente de 20 dólares no início do estudo e outro de 30 no final.

O que na opinião da nutricionista da Universidade da Califórnia, Judy Stern não foi a melhor escolha. Em entrevista ao My Health News, a médica acredita que o uso de vale-presente atrapalha a conclusão do estudo, visto que quando uma pessoa recebe um incentivo em dinheiro ela se sente mais motivada a perder peso. Tem até um aplicativo que paga se você vai a academia. Será que só isso justifica?

Topo