Alimentação

Cochilar depois do almoço não engorda e pode melhorar a produtividade

Thinkstock
Do ponto de vista metabólico, um simples repouso de 30 minutos não determina se uma pessoa vai ganhar peso ou não imagem: Thinkstock

Thamires Andrade

Do UOL, em São Paulo

Na última semana, um novo espaço inaugurado na região da Avenida Paulista, em São Paulo, permite ao frequentador aproveitar o aconchego de cabines individuais e dar uma descansada após o horário do almoço. A prática, bastante cultivada em países como a Espanha, é conhecida por melhorar a produtividade. Para quem se preocupa com a silhueta, no entanto, pinta a dúvida: cochilar depois do almoço faz ganhar peso?

Segundo Viviane Chaer Borges, nutricionista da Beneficência Portuguesa de São Paulo, do ponto de vista metabólico, um simples repouso de 30 minutos não determina se uma pessoa vai ganhar peso ou não. "Engordar é um processo que ocorre devido a um desequilíbrio entre o que a pessoa ingere de calorias e o que ela gasta", explica.

É comum sentir sonolência quando o estômago trabalha na digestão, pois o fluxo sanguíneo é direcionado para essa operação.  No entanto, a sensação não dura o dia todo. "Para evitar esse sono, o ideal é evitar comidas muito gordurosas e em grande quantidade, que exigem um trabalho digestivo maior", recomenda.

Na opinião de Borges, o tempo que a pessoa passa em frente ao computador, este sim, é determinante para engordar. "Quem trabalha muito sentado e não se exercita tem grandes chances de ficar com excesso de peso. O ideal é que a pessoa seja ativa e faça uma atividade para compensar esse tempo em que passa parada", afirma.

Exercícios no almoço

Enquanto alguns só desejam uma soneca depois do almoço, outros aproveitam o intervalo para praticar atividades físicas. No entanto, a nutricionista da Beneficência Portuguesa de São Paulo não recomenda o hábito: “Durante o processo digestivo, o sangue é desviado para o estômago e quando a pessoa começar a praticar alguma atividade ela exige que o sangue também seja deslocado para o músculo”. O resultado pode ser um belo mal-estar.

Portanto, quem quiser mesmo assim ir para a academia após o almoço deve fazer uma alimentação bem leve para manter a glicemia durante toda a atividade física.

Aumento na produtividade

Estudos atestam os benefícios de se tirar uma sonequinha depois do almoço. De acordo com uma pesquisa feita por japoneses e publicada no periódico Sleeping, um cochilo de 15 a 30 minutos depois do almoço melhora a produtividade e o rendimento no trabalho. "Algumas empresas já notaram isso e até adotam espaços de relaxamento para os funcionários", aponta Borges.

Ainda assim, não é possível afirmar que um cochilo após as refeições é bom para todo mundo. "Cada pessoa tem um metabolismo diferente. Alguns têm mais energia depois do almoço, enquanto outros têm a noite de sono prejudicada caso durmam à tarde”, pondera.

Topo