Boa forma

Com dieta polêmica, apresentadora do "Vídeo News" passa do manequim 42 para 38 em 20 dias

Thamires Andrade

Do UOL. em São Paulo

Quando resolveu deixar o rádio para trabalhar na televisão, a jornalista Nadja Haddad já sabia que precisaria controlar a alimentação. "A TV exige uma boa imagem e tem que sempre tomar cuidado porque o vídeo engorda", afirma a apresentadora do "Vídeo News" e musa da Band, eleita no concurso organizado pelo programa Pânico, da mesma emissora.

A jornalista nunca foi gorda, mas já topou fazer a polêmica dieta do HCG, o hormônio da gravidez, para perder alguns quilinhos a mais. "Com ela você emagrece sem perder massa, sem ficar flácida. No total eliminei 4 quilos e 5% de gordura", revela a apresentadora, que passou do manequim 42 para 38 em 20 dias. O tratamento, em geral indicado em casos de infertilidade, não é oficialmente aprovado para perda de peso.

A morena fez o procedimento com acompanhamento de um médico ortomolecular, mas afirma que não repetiria a experiência. "É uma dieta muito restrita que fez com que eu me sentisse muito fraca, pois no início você injeta o hormônio na parte da manhã e só pode permanecer com 500 calorias por dia", explica. Depois, com o passar dos dias, a quantidade de calorias aumenta e chega até a 800. "E têm várias outras restrições, o corpo não pode ter contato com gordura, então não pode usar maquiagem, tem dias que você só pode comer certos alimentos. Eu cheguei a comer seis maçãs em um dia", conta, aos risos.

O mais difícil para a apresentadora, que mede 1,69 m de altura e pesa 57 quilos, é cortar os carboidratos da alimentação. "Eu até gosto de doce, mas pra mim eles não são os mais difíceis de eliminar do cardápio. Eu amo carboidratos, não tanto o pão, mas o arroz, a massa...", explica a bela, que sempre comeu bem e adora reunir os amigos para jantares em casa.

No dia a dia, Nadja mantém uma alimentação saudável e especial, pois tem intolerância à lactose. "Eu só tomo leite de soja ou de arroz e o meu whey protein, para suplementar o treino, tem que ser sem lactose", explica. Além disso, a bela não come carne vermelha e se alimenta de 3 em 3 horas. "Sempre levo uma lancheira com fruta e sanduíche", conta.

Além disso, Nadja também faz acompanhamento ortomolecular para ter uma velhice mais saudável e ter um gás extra para conciliar o trabalho e a atividade física. "Eu tomo injeção de procaína, antioxidantes e vitaminas para ter mais bem-estar e qualidade de vida", defende.

Treinamento funcional

O treino da bela, elaborado pelo personal trainer Francisco Dragone, queima em média 450 calorias e tem como foco manter o peso da apresentadora, além de definir suas curvas. Os exercícios passados também variam a cada treino. "Faço estímulos diferentes a cada dia para que o músculo não se acostume com os movimentos. O funcional também permite exercícios mais dinâmicos e tira a monotonia da musculação, que desmotiva um pouco", explica Dragone.

Nadja treina de 3 a 5 dias na semana e a carga é definida pelo personal de acordo com a energia da apresentadora. "Tem dias que ela está melhor, então eu coloco mais dificuldade no treino. Já nos dias em que ela dormiu pouco ou não está tão disposta eu dou uma diminuída", conta.
 

Topo