Boa forma

Beber cerveja não deixa barriga saliente, afirmam especialistas

Divulgação
A publicação afirma que o aumento de peso causado pelo excesso de bebida alcoólica não fica acumulado necessariamente no abdome imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

Tomar até duas latas de cerveja não é o suficiente para engordar e ficar com uma barriguinha saliente. É o que destaca a revista Popular Science Brasil de dezembro. A quantidade de duas doses da bebida é considerada segura pela OMS (Organização Mundial de Saúde). "Quando os homens engordam, o aumento fica concentrado no abdome; soma-se a isso o fato da cerveja fermentar e distender a região abdominal por alguns minutos. Essa junção de elementos criou o mito de que cerveja dá barriga", afirmou endocrinologista Wilmar Accursio à publicação.

Além disso, a revista destaca que, segundo estudos, pessoas que consomem grande quantidade de cerveja (mais de duas latas por dia) ganham mais peso pelo excesso da bebida e não acumulam a gordura necessariamente no abdome. "O padrão de acúmulo em determinada região do corpo é mais ligado a fatores genéticos do que a ingestão de bebida", explicou o gastroenterologista Bruno Queiroz para a revista.

No entanto é preciso observar bem os acompanhamentos da bebida, que muitas vezes são os reais vilões do abdome sequinho. "Escolha petiscos mais saudáveis, como mix de castanhas, espetinhos de tofu com legumes, queijo branco, tomate cereja ou kani kama, pode ser uma boa saída para driblar os salgadinhos gordurosos", indicou a nutricionista clínica e esportiva Myrla Merlo.

Outro alimento indicado pela nutricionista Camila Leonel, ouvida pela publicação, são as brusquetas com tomate, azeite, orégano e recheio de vegetais e queijos leves. "Se tiver apenas salgadinhos, tenha bom senso na quantidade; afinal, batata, mandioca, polenta, camarão, peixe e linguiça são petiscos fritos e devem ser evitados", afirmou.

Nutritiva

A publicação afirma que a cerveja é a terceira bebida mais consumida no mundo, atrás apenas da água e do chá, e tem vitaminas do complexo B, como a B12, B9 e B6, e o levedo, indicado para dietas de emagrecimento por ter quantidades elevadas de proteína, ferro e outros minerais.

Além de equilibrar e regenerar a flora intestinal, segundo dados do Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja (Sindicerv), a bebida possui 400cal/litro e em termo de proteína equivale ao consumo de 100 g de carne, 700 ml de leite integral ou seis ovos cozidos.

Topo