Alimentação

Repórter do "Brasil Urgente" revela como emagreceu 4 quilos e reduziu percentual de gordura

Thamires Andrade

Do UOL, em São Paulo

Repórter do programa “Brasil Urgente”, comandado por Datena, na Band, Paula Monteiro emagreceu 4 quilos e reduziu 4% do percentual de gordura graças à ajuda de um nutricionista esportivo e muita malhação.

"Fez muita diferença no corpo, pois reduzi a gordura e aumentei a massa magra, que era o que eu queria", afirma a jornalista, que já malha há 8 anos, mas há 6 meses conta com a ajuda do personal trainer Rogério Sthanke três vezes por semana.

O objetivo do treino da repórter, que mede 1,63 m de altura e pesa 56 quilos, é aumentar a resistência muscular, definir e manter um corpo bonito e desenhado, mas sem exageros. “O vídeo dá uma engordada, portanto a tendência é querer secar e definir na medida para não ficar estranho”, define.

Além do trabalho com o personal, Paula vai para academia mais duas vezes na semana para executar treinos mais leves. "Vejo muitas coisas tristes no trabalho; quando chego na academia eu tiro o foco disso, é meu momento de lazer", completa.

Paula também segue à risca a dieta e a suplementação prescritas pelo nutricionista esportivo Marco Jafet. No café da manhã, a repórter do "Brasil Urgente" toma banana com whey protein de lenta absorção e come meia fatia de queijo branco e peito de peru.

No almoço, Paula opta por saladas e legumes variados, macarrão integral e carnes magras, como frango ou peixe. Na hora do jantar, a repórter corta os carboidratos da alimentação. "Como só uma salada com peixe ou frango ou quatro claras de ovo", ensina.

A repórter também não deixa de fazer pequenos lanches entre as refeições. "O pessoal brinca comigo porque eu levo uma lancheira pra TV com barrinha de cereal, iogurte com granola, frutas e batata doce", diz, revelando o conteúdo da bolsa.

Sem exageros

Paula segue uma alimentação regrada durante a semana, mas se permite ter um "dia do lixo" para comer o que tem vontade. "É nesse dia que eu faço churrasco, pois não como carne vermelha durante a semana, e também tomo bebidas alcoólicas", explica.

Chocólatra assumida, a repórter reduz o consumo do doce até mesmo no dia em que está liberada para comer o que gosta. "Tenho comido só um pedacinho pequeno e de chocolate meio amargo, nada de ao leite", confessa. Mas não é só com alimentos "proibidos" que Paula aproveita o fim de semana. "Não deixo de correr no parque nesses dias, porque é uma atividade que eu gosto de fazer", completa.

Suplementação

Além da alimentação e do treino, Paula conta com o auxílio dos suplementos para alcançar um corpo sequinho e definido. Após o treino, a repórter toma um whey de lenta absorção com Waxy Maize, que é um carboidrato. "Eles ajudam a repor o que eu perdi no treino e aumentam a eficiência de outros suplementos", define.

O BCAA e a glutamina também são tomados depois que a repórter vai para a academia. "Também tomo caseína antes de dormir. "Gosto do sabor de chocolate e faço uma mistura com pouca água para tomar antes de dormir. Fica uma delícia, pois parece um pudim, mas sem açúcar", ensina.
 

Topo