Alimentação

Gerente de hotel perdeu 8 kg com o programa de Ivete Sangalo

Divulgação
Juliana Alves, gerente de hotel que conheceu o programa antes mesmo do lançamento no Brasil imagem: Divulgação

Shirley Santos

Do UOL, em São Paulo

A gerente de hotel, Juliana Alves, 22 anos, mora na Alemanha e teve a oportunidade de participar do programa BodyChange10 semanas® antes mesmo de ele chegar ao Brasil pela iniciativa de Ivete Sangalo e do marido, o nutricionista Daniel Cady. Ela revela como foi a experiência que lhe garantiu  8 kg a menos na balança:

“Conheci este plano de emagrecimento online por meio de um anúncio na TV. Achei interessante, pois  a proposta era emagrecer aprendendo a “comer direito”. Algo que, definitivamente, não fazia parte dos meus hábitos à mesa.

Com uma alimentação desregrada e inúmeras tentativas de emagrecer com regimes radicais (como me alimentar durante uma semana apenas com abacaxi),  o máximo que conseguia, além da fraqueza e mal-estar, era recuperar, rapidamente, os quilos eliminados.

Pesando 63 kg (bastante para os meus 1.54 m de altura), resolvi, então, me inscrever no site. Comecei a primeira semana e, confesso, houve uma dificuldade inicial em me adaptar ao cardápio, afinal, no meu caso, adotar uma rotina alimentar mais saudável, com a qual eu ainda não estava acostumada, era uma grande novidade. Mas logo na segunda semana já estava bem adaptada, pois, a cada dia, eu saboreava uma refeição diferente. E este cardápio variado, aliado ao “Dia Livre”, me animou a prosseguir.

Quando o treino começou (na terceira semana), procurei realizar os exercícios dentro do meu limite. Como não tinha o costume de praticar atividade física, senti, no início, alguns incômodos  musculares. Mas, meu corpo se acostumou rápido e facilmente.

Tudo isso, somado à motivação que o plano oferece, me fez chegar ao final das 10 semanas, 8 kg mais magra e, sobretudo, com uma nova consciência alimentar.

Desde o término do programa, há cinco meses, mantenho o mesmo peso (55 kg), pois procuro seguir o que aprendi neste processo. Hoje, por exemplo, faço refeições mais leves à noite e adquiri o hábito de beber bastante água. Outro ganho? Descobri o prazer (e os benefícios) de movimentar o corpo. Pratico Zumba (dança ao ritmo de sons latinos) todos os dias. Estou mais disposta, mais leve, mais viva.” 

Topo