Vida saudável

Ex-BBB Adriana passa do manequim 42 para o 36 com dieta e treino funcional

Claudia Dias

Do UOL, no Rio de Janeiro

Diminuir de manequim é o sonho de quase toda mulher. A ex-BBB Adriana conseguiu essa conquista com muito trabalho. A apresentadora do programa ‘Nação Country’, na Globosat,  deixou o manequim 42 e agora só compra modelos 36 depois de perder 12 quilos em pouco mais de quatro meses. "Nunca achei que estava gorda, me achava inchada e redondinha. E na televisão, isso não me agradava. Além disso, também percebi que, quando comia determinadas comidas, acabava passando muito mal. Então, fui em busca de uma nutricionista", lembra a estudante de Odontologia.

Por admirar o corpo de Deborah Secco, a ex-sister procurou a nutricionista dela e de várias estrelas, Heloísa Rocha. A partir daí, e depois de muitos exames, Adriana iniciou uma verdadeira reeducação alimentar.  "Ela descobriu que eu tinha intolerância a alimentos como alho, lactose e entre outros. Quando tirou essas coisas do meu cardápio, fui desinchando. Ela também receitou diuréticos, porque eu viajava muito e estava retendo líquido. E ai eu fui emagrecendo", explica.

Foi a partir desse momento que, mesmo sem gostar muito, a ginástica entrou em sua vida por meio dos treinos funcionais com a personal trainer Fernanda Marcelino, na praia do Recreio, no Rio de Janeiro. "Não gosto de malhar, muito menos de musculação. Por isso, o treino funcional é mais tranquilo. Por mim, não fazia exercício nenhum, mas por fazer Odontologia, a posição na cadeira acaba me dando muita dor na coluna”, afirma.

A falta de rotina também é um dos pontos positivos deste tipo de treino que usa o peso do próprio corpo durante as atividades. “A Fernanda já sabe que eu enjoo fácil dos exercícios e, todas as semanas, ela muda o treino para não ficar aquela coisa rotineira", conta.

Foi ideia da personal trainer unir a paisagem da praia às atividades físicas para incentivar os treinos de Adriana."Treinamos na praia e tento usar o ar livre o tempo todo. Cada treino dura de 50 minutos a uma hora e ela faz atividade três vezes na semana”, afirma a personal.

Com a união de uma boa alimentação e treino, as peças do guarda-roupa de Adriana tiveram que passar por ajustes. "Na verdade, a modificação maior ocorreu com as calças compridas. A maioria das que eu tinha foram apertadas e eu passei a usar mais cintos. Mas, eu também gosto muito de comprar roupas”, afirma.

Dieta com restrições

Por conta da alergia, a ex-sister acabou retirando de seu cardápio diversos alimentos que estavam fazendo mal. Para Adriana, a parte mais difícil foi cortar o feijão. "Hoje, eu só tomo caldo, mas sinto muita falta. Mas, não como porque passo mal mesmo. A Dra. Heloísa explicou que o organismo da gente acostuma a não ter aquele determinado alimento e hoje, quando como, fico pior ainda", explica.

Como não tem muita fome pela manhã, ela toma apenas leite sem lactose ou uma proteína. Na volta do treino, não abre mão de uma fruta. E no almoço e jantar prefere frango, saladas e arroz branco. Antes de dormir, um suplemento como glutamina ou albumina.

Mas engana-se quem pensa que Adriana nunca sai da dieta. "Meu pecado alimentar é sempre quando estou muito ansiosa. Aí, eu como fast food, pizza ou coisas do gênero. Meu metabolismo é bem acelerado. Só que eu tento evitar comer essas coisas, pois realmente passo muito mal", confessa.

Como gosta muito de sair para jantar com o noivo, o também ex-BBB Rodrigão, Adriana tem preferido locais com refeições mais saudáveis. "A gente adora japonês e está experimentando todos os restaurantes deste tipo no Rio de Janeiro", brinca.

Por falar no noivo, os dois continuam sem se desgrudar desde o final do BBB 11. "Estamos juntos há dois anos. O casamento já está nos planos, mas eu quero primeiro terminar a faculdade de Odontologia", destaca.

Treino na praia exige cuidados

Treinos na praia são sempre apropriados, principalmente em uma cidade como o Rio de Janeiro. Mas, quem quiser seguir os passos da ex-BBB tem que tomar alguns cuidados. "É bom ter um protetor labial e um bom protetor solar. Além disso, é bom escolher um lugar mais vazio. Por isso, os treinos devem ser realizados bem no início da manhã ou no finalzinho da tarde, com o sol mais ameno", afirma a personal trainer.

A profissional também alerta para a importância da dieta, combinada com os exercícios. "Não adianta você se matar - e o gasto calórico em um treino funcional é muito grande - e depois, chega em casa e comer uma macarronada. Tem que associar sempre a uma dieta. Se não associar, os benefícios serão menores e mais a longo prazo", finaliza.

Topo