Boa forma

Garota Fitness Brasil exclui frutas e leite do cardápio para secar

Thamires Andrade

Do UOL, em São Paulo

Nathália Thomazetti foi eleita Garota Fitness São Paulo 2013 em fevereiro e adotou uma dieta ainda mais restritiva para levar o título de Garota Fitness Brasil 2013, na última quinta-feira (6). Para a etapa São Paulo, a estudante de biomedicina já tinha cortado o açúcar, óleos, sal e gordura; já para a etapa nacional, o leite desnatado e as frutas também foram eliminados do cardápio. "Não tomei mais leite por causa do açúcar presente na lactose e também parei de comer frutas por causa da frutose", explica a mais sarada das academias do Brasil.

Como sentiu dificuldade para definir ainda mais o abdome, Nathália trocou o arroz integral pela batata doce cozida ou assada, e continuou apostando no frango grelhado e na omelete de clara, tudo sem sal. "Como moro sozinha o frango é bem mais fácil de preparar, mas no fim de semana costumo variar a proteína; às vezes com peixe ou carne vermelha", conta.

Mais perto do concurso, Nathália diminuiu ainda mais a quantidade de carboidrato da alimentação. "Costumava comer batata doce no café da manhã e passei a comer só duas vezes ao dia, 100 gramas uma hora antes do treino e 100 gramas depois", revela. A estudante explica que fazia isso para poder treinar com o estômago vazio. "Quando você treina assim o fluxo sanguíneo vai pra musculatura e ajuda no treino. Como já estava vindo de outras competições não foi difícil me adaptar com a técnica e a dieta restritiva", afirma.

Para ser coroada a Garota Fitness Brasil, Nathália sequer sucumbiu à vontade de comer chocolate e manteve a dieta assim que ganhou a etapa São Paulo. "Não queria fugir muito da dieta, então por uma semana eu comi algumas coisas que tinha vontade, como bolo, mas sem exageros", lista.

Um dia antes do concurso Garoto e Garota Fitness Brasil, a mais sarada das academias cortou as proteínas e passou o dia comendo 100 gramas de batata doce de seis em seis horas. Já no dia da competição, ela cortou a água e só comeu um pacote de salgadinho para ajudar a secar. "Isso foi quatro horas antes do início do concurso para jogar o sódio no corpo e ajudar a ficar mais seca", explica.

Com a vitória, Nathália pretende seguir uma dieta um pouco mais tranquila do que a atual. "Mas sempre vou fazer essa mais restrita uns 2 ou 3 dias antes de eventos e fotos", confessa. Ela voltará a comer o arroz integral e também vai adicionar as frutas novamente no cardápio.

Mais definição

O treino da mais sarada das academias do Brasil também sofreu alterações. Ela frequentou a academia de segunda-feira a sábado e fez exercícios para todos os grupos musculares. "Não tenho personal, então fui adaptando algumas dicas de amigos e busquei os treinos do fisiculturista Fernando Sardinha na internet", revela.

Ela também manteve a rotina de exercícios aeróbicos em jejum na parte da manhã, antes das aulas na faculdade. A suplementação de glutamina ao acordar e no pós-treino, aliada as proteínas isoladas com duas claras de ovo, também se manteve, mas ela ainda adicionou a l-carnitina e cápsulas de óleo de coco para ajudar na definição. Na semana do concurso, no entanto, ela cortou toda suplementação devido ao sódio.

Topo