Vida saudável

Blogueira emagrece 33 quilos com terapia para vencer compulsão alimentar

Thamires Andrade

Do UOL, em São Paulo

Antes de ser conhecida na internet pelo Blog da Mimis, a fisioterapeuta Michelle Franzoni sofreu bastante com o efeito sanfona. Ela sempre engordava durante o ano e emagrecia rapidamente para o verão. "Ou seja, emagrecer eu sabia, só não conseguia manter o equilíbrio depois", pondera. Depois de passar por problemas pessoais sérios, Michelle engordou 30 quilos em um ano e passou três anos acima do peso. Quando resolveu emagrecer, o primeiro profissional que procurou foi um psicólogo. "Eu descontava os meus problemas na comida, portanto fiz uma terapia para melhorar os conflitos que refletiam na compulsão alimentar", explica.

Com o apoio de um homeopata que ajudou a tratar a ansiedade, Michelle emagreceu 33 quilos em 10 meses. "Já sabia fazer dieta e sempre gostei de cozinhar. O que eu peguei firme foi nos exercícios físicos. Como estava com 98 quilos tinha vergonha de ir para a academia, portanto apostei na bike e comecei a pedalar todos os dias, até nos de chuva", destaca. Mesmo sem gostar muito de musculação, a blogueira sabia que precisava 'puxar ferro' para não perder massa magra. "Se eu não fizesse eu ia ficar flácida. Comecei a malhar cinco vezes por semana e depois pedalar - e o resultado disso foi muito positivo", destaca.

Por adorar cozinhar, Mimis conseguiu reinventar a dieta e não cair na mesmice. "Sabia que ia ficar muito tempo com restrições e não ia aguentar comer por um ano frango, salada e arroz integral. Eu adoro criar novas receitas, testar outros alimentos. Comecei a inventar muitas coisas com quinua e chia, que eram alimentos que não estavam na lista da minha nutricionista", afirma. Michelle nunca teve uma alimentação ruim, mas, sim cheia, de excessos. "Nunca fui de fazer fritura, por exemplo, mas comia tudo em grandes quantidades, carboidratos simples e sempre tinha um doce como sobremesa, não importava o dia", relembra.

Com a reeducação alimentar, Michelle só tinha direito a dois "extras" que ela optava para deixar para o fim de semana. "Podia escolher um doce ou uma bebida alcoólica, além de ter uma refeição livre. No começo tive uma certa dificuldade, pois tinha um extra e queria fazer vários, mas com o tempo consegui acertar", aponta.

Hoje a blogueira alimenta o corpo e não a cabeça. "Com o tempo até os meus extras foram melhorando. Antes eu comia um macarrão com molho aos quatro queijos, mas, depois, comecei a comer o integral. Fui vendo que era possível ser saudável e, ainda assim, comer bem", explica.

Definição

Atualmente o treino da blogueira é focado em aumentar a definição. "Eu tenho ciclos de dieta e de treino, portanto, depois que eu acabei a dieta e fiz dois meses de manutenção, eu comecei a seguir um novo cardápio para aumentar a massa magra. Ou seja, uma alimentação mais reforçada e um treino de musculação forte", afirma.

Mimis sempre treinou sem personal, pois nunca gostou de delimitar seus horários. "Sempre indico para quem não tem como pagar por uma consultoria abusar dos professores da academia. Eles estão lá pra isso. Fiquei amiga dos professores e sempre questionei muito a razão de cada exercício, por isso meu treino era bastante personalizado", afirma.

A blogueira lembra que os exercícios também sempre devem ser modificados. "Hoje meu treino é mais avançado, mas é preciso começar com o básico. Se a pessoa já inicia o treino com um agachamento sem estar com a musculatura preparada, a articulação não aguenta e isso pode causar danos aos joelhos", revela.

Blog

Depois de emagrecer 33 quilos, Michelle resolveu criar o Blog da Mimis, uma oportunidade de começar a trabalhar com o que gostava. "Eu era fisioterapeuta e ainda não tinha me encontrado. Sempre gostei de escrever e tirar fotos então resolvi criar a página", afirma. Atualmente, é ela quem publica todos os textos, os posts no Instagram, rede social de fotos, e no Facebook.

E é na página que Mimis dá várias dicas para quem está no processo de emagrecimento. "Uma dica que eu dou, por exemplo, é sempre deixar alguma coisa que você gosta na geladeira. Eu deixo frango refogado congelado em vários pacotinhos e quando pinta a fome eu posso variar. Faço sanduíches, como o frango com cenoura, ou até monto uma pizza de pão sírio com o recheio de frango refogado", lista.

Além das receitas, a blogueira também ajuda as leitoras a escolher a marca de pão integral. "Muitos pães integrais tem como principal ingrediente a farinha branca, portanto muita gente acha que está comendo bem, mas na verdade não está. Fiz um post ensinando a olhar os rótulos dos alimentos e notar que nesse tipo de pães os ingredientes em maior quantidade precisam ser a farinha integral e as fibras", afirma.

#projetomimis

Com o sucesso do blog, uma leitora indicou que Michelle criasse uma hashtag própria para indexar imagens de pessoas interessadas em alimentação saudável e atividade física. "Hoje o #projetomimis é o que tem mais fotos indexadas de todos os projetos de saúde. O projeto teve muita adesão e é lindo ver as meninas fazendo as minhas receitas e me marcando no Instagram", revela.

"É muito legal essa interação, pois eu sempre me emociono. Já chorei com várias histórias, e o legal é que tem gente de todas as idades que me seguem. Até os homens me acompanham e se interessam por esse estilo de vida mais saudável", afirma.

Topo