Boa forma

Sexo queima mais calorias do que caminhada, revela estudo canadense

Thinkstock
Segundo pesquisadores, dependendo da intensidade da relação sexual, ela pode ser considerada uma atividade física significativa imagem: Thinkstock

Do UOL, em São Paulo

Se você precisava de mais um motivo para aproveitar o tempo a sós com o companheiro (a), aqui vai mais um: fazer sexo queima mais calorias do que fazer uma caminhada simples. Pesquisadores canadenses foram os responsáveis por um estudo, publicado na revista PLoS One, que teve como objetivo comparar as duas atividades. As informações são do Daily Mail.

De acordo com a equipe da Universidade de Quebec, em Montreal, no Canadá, homens jovens queimam, em média, 4,2 calorias por minuto durante o sexo. Já as mulheres eliminam 3,1 calorias por minuto.

Como a média de uma relação é de 24,7 minutos, isso equivale a 104 calorias gastas pelos homens e 69 para as mulheres. O que revela que transar pode ser um exercício melhor do que caminhada leve (de 3 a 4 calorias por minuto), mas não tão eficiente quanto caminhar em velocidade rápida.

Para o estudo, os cientistas acompanharam 21 casais heterossexuais com idades entre 18 e 35 anos, durante quatro sessões de sexo em casa. Para medir o gasto calórico, os casais usaram uma braçadeira chamada SenseWear.

O grupo também respondeu a perguntas sobre o cansaço após a atividade, quantidade de esforço durante o sexo e o quanto eles gostaram da relação.

Os participantes do estudo também foram previamente submetidos a testes de meia hora de duração na esteira, com intensidade moderada, para que os pesquisadores pudessem medir quantas calorias eram queimadas durante o esforço.

Em seguida, eles compararam as leituras na esteira com as da braçadeira utilizada durante a atividade sexual. Os homens, por exemplo, queimaram 9,2 calorias por minuto na esteira, mas apenas 4,2 durante o sexo.

Outra questão muito comentada, a duração da relação sexual, também foi analisada no estudo. Embora a média registrada tenha sido de 24,7 minutos, a menor relação durou 10 minutos e a mais longa, 57. Ou seja: o gasto energético ao transar varia muito entre os casais.

Estudos anteriores

Embora a queima calórica não seja equivalente a de uma maratona, ela é superior aos dados encontrados em outras pesquisas anteriores.

Um estudo anterior, realizado por David Allison, um bioestatístico da Universidade do Alabama, em Birmingham, afirmava que a pessoa queima, em média, apenas 21 calorias durante o sexo, aproximadamente o mesmo que andar. Mas, de acordo com suas investigações, cada relação sexual durava, em média, seis minutos.

Segundo relatos dos pesquisadores de Quebec, dependendo da intensidade com que o sexo for feito, ele pode ser considerado um "exercício significativo".

Topo