Boa forma

Empresas oferecem marmitas detox para quem quer desinchar depois das festas

Thamires Andrade

Do UOL, em São Paulo

Depois dos tradicionais excessos nas festas de Natal e Ano-Novo, a palavra de ordem é desintoxicar. Como esse apelo, muitas empresas de marmitas saudáveis lançaram programas 'detox', que ajudam a eliminar, em média, de um a cinco quilos em uma semana. As refeições não são baratas, mas ajudam bastante quem não tem talento ou tempo para cozinhar.

Segundo a nutricionista Luciana Harfenist, especializada em nutrição funcional, ortomolecular e personal diet, esse tipo de alimentação funciona como uma faxina no organismo, que acumula toxinas devido ao alto consumo de alimentos industrializados, processados e cheios de conservantes e outros compostos químicos. "O objetivo da detox é limpar o organismo e equilibrar a energia do corpo. Esse é o maior trunfo da dieta, o emagrecimento é apenas uma consequência", explica Harfenist.

Os serviços de marmitas saudáveis foram criados para atender uma demanda cada vez maior: emagrecer ou ter uma alimentação equilibrada, sem ter de sair para procurar os melhores produtos e preparar as receitas. No entanto, é preciso estar disposto a desembolsar de R$ 200 a R$ 450 reais por semana.

Sete dias

De acordo com a nutricionista Fabiana Albanesi, o indicado é seguir a dieta detox por uma semana. “Para reiniciar uma reeducação alimentar e incutir novos hábitos, uma semana é o suficiente para esse tipo de cardápio. Mais do que isso é exagero”, afirma.

A empresa Pronto Light, por exemplo, oferece dois tipos de programas detox que se complementam. "O primeiro é uma dieta líquida com duração de dois dias, com seis refeições inclusas. Enquanto o outro programa tem duração de cinco dias e é um cardápio detox sem carne vermelha e glúten", explica Eduardo Dimand, sócio diretor da empresa. Os dois programas custam R$ 446,80.

Ainda que o cardápio tenha sido elaborado pela nutricionista da empresa, é necessário consultar um profissional para saber se você pode seguir uma dieta só com líquidos. Harfenist não é a favor desse tipo de cardápio: "Não sou a favor das dietas líquidas, pois gera compulsão, fraqueza, ansiedade e pode fazer com que a pessoa perca massa magra, que é difícil de ganhar posteriormente", afirma a nutricionista funcional.

Na Light e Saúde, o kit de cinco dias com duas refeições (almoço e jantar) sai por R$ 209 e o cardápio não contém glúten e nem lactose, além de poucos carboidratos e muitos líquidos. "O jantar costuma ser uma sopa e também só usamos farinhas integrais. O almoço é uma proteína, normalmente frango, com arroz integral ou indiano e legumes", afirma Juliana Watanabe, nutricionista da empresa.

Sem congelar

Além do sistema de alimentos congelados, a Light e Saúde conta com um delivery para as "flash food", como são apelidadas. "São os nossos pratos fresquinhos e quentes, prontos para consumo imediato, e nós entregamos das 11h às 20h", declara Watanabe. A taxa de entrega do serviço é determinada de acordo com a região e a empresa só atua na Grande São Paulo.

A nutricionista Fabiana Albanesi destaca que é importante acrescentar no cardápio detox alimentos como pimentão vermelho, repolho, aspargos, tomate, cebola, pimenta vermelha, iorgurte, uvas vermelhas, alho, limão, abacaxi e cenoura. “Até os adoçantes devem ser retirados da alimentação. Na dieta detox é possível eliminar as toxinas e nutrir o organismo, melhorar o trânsito intestinal, digestão e assimilação dos nutrientes”, ensina.

Outra empresa que também oferece um programa detox é a All Light, que não fornece alimentos congelados, apenas comida preparada no próprio dia. A chef Caro Gall explica que os ingredientes chaves da dieta são gengibre, canela, oleaginosas, ervas, porções de frutas e sementes funcionais.

"O programa oferece almoço, lanche da tarde, jantar e uma ceia, que sempre costuma ser um suco. Cada dia é um: pode ser suco verde, diurético ou antioxidante. A refeição completa é entregue entre 10h e 12h30, apenas em São Paulo", afirma Gall. O combo com refeições para cinco dias custas R$ 350.

Para quem mora no Rio de Janeiro, Harfenist conta com uma linha própria de alimentos congelados, a Congelados da Nutri. "Uma marmita detox não pode usar temperos artificiais, apenas caseiros, também não pode ter glúten e nem lactose, pois eles interferem no metabolismo gastrointestinal. Além disso, deve ter alimentos orgânicos, como o frango", indica.

A nutricionista funcional também orienta a procurar embalagens livres de bifesnol A. "Essa molécula que está presente em alguns plásticos migra para o alimento e interfere no metabolismo da pessoa, podendo até gerar doenças", revela. O custo médio do programa de alimentação congelada é de R$ 300 a R$ 400.

Ainda que as marmitas light sejam boas opções para quem quer emagrecer, Harfenist alerta que para seguir a "real dieta detox" é necessário ter orientação profissional. "Todo mundo pode ingerir alimentos com propriedades desintoxicantes, mas para fazer uma desintoxicação é preciso passar por exames e avaliações bioquímicas, para que a nutricionista possa detectar alergias e intolerâncias e fazer as suplementações necessárias", indica.
 

Topo