Boa forma

Nutricionista elabora cardápio detox para quem exagerou nas festas

Thamires Andrade

Do UOL, em São Paulo

Após os excessos no Natal e Ano-Novo, os cardápios desintoxicantes são uma opção para quem deseja compensar as gorduras, toxinas e bebidas alcoólicas ingeridas nas festas. Com um cardápio de apenas um dia já é possível sentir as melhoras no funcionamento do corpo. “O cardápio de um dia já ajuda a desinchar e compensar os exageros e erros na alimentação durante as festas”, explica a nutricionista Fabiana Albanesi.

Neste dia não é permitido o consumo de refrigerante, café, chá preto, carne vermelha, cereais refinados (arroz, farinha e açúcar branco), além de doces. En quanto outros alimentos são priorizados, como pimentão vermelho, repolho, aspargos, tomate, cebola, pimenta vermelha, iogurte, uvas vermelhas, alho, limão, abacaxi, cenoura, gergelim, salsa e folhas verdes.

Segundo a nutricionista, além de eliminar as toxinas do organismo, o detox melhora o trânsito intestinal, a digestão e assimilação dos nutrientes, além de diminuir a ação dos radicais livres.

“A dieta deve ser feita uma vez por semana para desintoxicar e compensar exageros. Para auxiliar no emagrecimento, o cardápio deve ser seguido por, no máximo, uma semana”, afirma Albanesi, que estima que uma semana com esse tipo de alimentação ajuda a eliminar de um a dois quilos.

Além disso, a nutricionista indica o consumo de muitos líquidos, como água de coco, sucos desintoxicantes e sopas leves. “Beber chás com ação desintoxicante, digestiva, anti-inflamatória e calmante, como de hibisco, carqueja, hortelã, alecrim, cidreira e erva-doce, também é uma boa pedida”, pondera Albanesi, que alerta apenas para evitar o excesso de consumo dessas bebidas perto das refeições. “Dessa forma os componentes das plantas e os nutrientes dos alimentos não competem entre si. A pessoa pode incluir uma xícara no café da manhã”, complementa.

A nutricionista também relembra que as quantidades de cada tipo de alimento variam de acordo com as necessidades diárias de cada pessoa e também conforme o sexo, peso, idade, altura e atividade física. “O detox não é recomendado para crianças, idosos e gestantes e sempre que possível é necessário um acompanhamento profissional durante a dieta”, orienta Albanesi.

Veja a sugestão de cardápio organizada pela nutricionista:

Café da manhã

Um copo de 200 ml de leite de soja light
Cereais integrais (aveia em flocos ou granola)
½ mamão papaia

Lanche da manhã

Um copo de suco de abacaxi, água de coco e hortelã
Uma castanha-do-pará

Almoço

Salada verde com frutas (mínimo 4 cores diferentes: amarelo, verde, vermelho, branco)
Uma porção de legumes gratinados com alho e cebola
Duas colheres de sopa de arroz integral com salsa
Salmão grelhado
Suco de limão

Lanche da tarde

Uma taça de salada de frutas (morango, banana prata, kiwi, laranja), salpique uma colher de sopa de farelo de aveia e regue com uma colher de chá de mel

Jantar

Um copo de 200 ml de suco de uva integral
Legumes refogados (Brócolis, couve-flor, repolho, couve - que podem ser preparados em forma de sopa)
Uma fatia de ricota
Uma fatia de pão integral

Ceia

Um pote de iogurte desnatado

Topo