Boa forma

Para não cair na tentação, ex-coelhinha da Playboy não leva doces para casa

Thamires Andrade

Do UOL, em São Paulo

Capa de dezembro da Playboy, a modelo Thaíz Schmitt não descuida da alimentação e tem algumas técnicas para evitar comer besteira. "A dica é não ter bobagem em casa. Se tenho vontade de comer algum doce, compro um só e já como. Se levo vários para casa, posso cair na tentação de comer", revela a madrinha de bateria da Império da Casa Verde.

A alimentação de Thaíz não mudou especificamente para o Carnaval, pois ela sempre precisa estar em forma caso apareça algum trabalho. "Não me cuido só para o Carnaval, manter a forma é um trabalho para o ano inteiro, pois preciso estar impecável se surgir alguma campanha de moda ou evento", justifica.

Uma regra na alimentação da ex-coelhinha da Playboy é comer de três em três horas. "Se deixo passar disso, fico com muita fome e com vontade de comer as comidas erradas", revela. Ao acordar, Thaíz toma um café da manhã reforçado. "Costumo variar para não enjoar, mas pode ser uma tapioca com queijo branco e peito de peru, batata-doce ou uma omelete de quatro claras e uma gema com peito de peru", conta a madrinha de bateria, que tempera todos os pratos com sal light.

No lanche da manhã, Thaíz é adepta de frutas, como banana, iogurte acompanhado de castanhas ou granola, além de barrinha de proteína para aumentar a saciedade.

Na hora de almoçar, a modelo opta por macarrão integral acompanhado de um frango ou peixe grelhado, legumes e salada. "Uma vez na semana como carne vermelha grelhada", conta. À tarde, o lanche de Thaíz varia entre tapioca, sashimi ou temaki. "Sempre peço sem arroz", ensina.

No jantar, a ex-coelhinha da Playboy evita carboidratos e sempre toma uma sopa light, mesmo nos dias de calor. "Gosto de canja e de sopa de ervilha. Também como um grelhado e uma salada para acompanhar", revela. A comida japonesa também é uma opção de prato para a modelo, que tempera tudo com pouco shoyo light.

Quando sente fome à noite, ela faz pipoca de micro-ondas light e coloca pimenta. "Fico com mais saciedade quando coloco o tempero e fica uma delícia, já que não posso colocar muito sal para evitar retenção líquida", conta.

O dia do lixo de Thaíz não tem data marcada, mas ela se permite comer tudo o que tem vontade uma vez na semana. "Às vezes faço de fim de semana, mas quando tem algum evento precisa ser durante a semana mesmo", explica. Nesse dia ela não deixa de ir a rodízio de churrasco, além de comer outras delícias, como sorvete de baunilha com doce de leite, açaí e alguns drinks alcoólicos.

Afinco nos treinos

A madrinha de bateria da Império da Casa Verde segue um treino funcional, elaborado pelo personal trainer Alberto Mattar, cinco vezes por semana. "O treino dela é sem máquinas de musculação e é global, não trabalha apenas uma região isolada, mas o corpo como um todo", explica Mattar.

Como se sente bem quando pratica atividade física, Thaíz não deixa de malhar nem quando viaja a trabalho. "Arranjo uma academia ou pego uma bicicleta para passear", comenta.

Atualmente, além do treino funcional, a modelo faz aulas de muay thai e de samba para fazer bonito na avenida. "Já tenho experiência no Carnaval, mas agora eu vou sair na Império da Casa Verde com muito destaque, pois só terá eu e a rainha na frente da bateria", comenta com empolgação.

O ritmo dos ensaios também tem ajudado Thaíz a manter o corpo forma. "Além dos ensaios técnicos, tem o treino na quadra duas vezes por semana que dura duas horas", explica a modelo, que desde pequena sempre quis desfilar no Carnaval. "É uma sensação contagiante quando a bateria começa a tocar", afirma a ex-coelhinha que fez sua estreia na avenida em 2010.

Topo