Vida saudável

Sucos funcionais: combinaēões para um verćo refrescante e saudįvel

Por Luciana Alvarez

Do UOL, em Santos

O termo “alimento funcional” foi usado pela primeira vez na década de 80 pelo governo do Japão, para promover uma alimentação saudável. Desde então, a expressão ganhou o mundo e os alimentos,  muitos estudos.

Hoje, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) chama de funcional todo alimento que, além das funções nutricionais básicas, produz efeitos metabólicos ou fisiológicos benéficos à saúde. E que são seguros para consumo sem supervisão médica.

Mitos e verdades sobre o calor

  • Arte/UOL

    Camomila clareia o cabelo? Maquiagem na praia pode? Descubra aqui as respostas para suas dúvidas

Especialistas lembram, porém, que é preciso ter paciência e persistência para tirar vantagem dos alimentos e sucos funcionais. “O importante é que seja um hábito frequente. Em geral, é preciso no mínimo 15 dias para começar a notar algum efeito”, afirma a nutricionista Jaqueline Müller, professora do Senac Taubaté.

“Ao consumir uma vez só, você dá um aporte momentâneo daquela substância. Talvez até faça diferença a curto prazo em alguns casos, mas seu corpo consome rapidamente o nutriente e precisará de novos aportes para continuar recebendo os benefícios”, explica Jaqueline.

Por serem gostosos, completamente seguros e ainda ajudarem na saúde, os sucos funcionais estão cada dia mais populares. “Eles são um sucesso absoluto. Os sucos funcionais são os produtos que têm mais saída”, afirma Hiroo Júnior, proprietário do restaurante Geração UP, de Santos, que só trabalha com alimentos saudáveis e funcionais. 

Topo