Boa forma

Para ganhar competição, Garota Fitness BR levava marmita até para faculdade

Thamires Andrade

Do UOL, em São Paulo

Para quem nunca planejou seguir a vida de modelo fitness, Priscilla Carvalho, 22, se deu bem. Ela foi escolhida como Garota Fitness cidade de São Paulo 2013 no ano passado, ganhou o Garoto Fitness São Paulo 2014, etapa estadual da competição, e agora foi coroada Garota Fitness Brasil 2014, etapa nacional do concurso, realizada na sexta-feira (16). A estudante de publicidade e propaganda seguiu a dieta com afinco e para conquistar o título de mais sarada das academias do Brasil levava marmitas até para a faculdade.

"Moro sozinha, às vezes é difícil conciliar a faculdade com a preparar a dieta e treinar, mas consegui me adaptar bem. Levo minha bolsa térmica e carrego minhas marmitas para todo lugar. Quando chego na faculdade, lá estão minhas amigas comendo normalmente e eu 'marmitando'", conta.

A estudante já está acostumada com as restrições alimentares, afinal ela já segue uma dieta mais restrita há nove meses. "Só tive uma semana de folga depois do Garota Fitness São Paulo 2014 e aproveitei para comer tudo que gosto, como pizza, lasanha e doces", admite.

No café da manhã, Priscilla tomava uma dose de whey protein, glutamina e BCAA. Na sequência, estava liberado um pão integral com peito de peru e um iogurte desnatado com aveia ou um omelete com oito claras e uma gema. "Como acordo um pouco mais tarde, três horas depois já almoçava arroz, frango, legumes e salada à vontade", afirma.

No lanche da tarde, a estudante comia uma porção de frango acompanhado de algum carboidrato. "Podia ser batata-doce, inhame ou mandioquinha", relembra. No jantar, o frango com batata-doce voltava para o cardápio. "Minha última refeição é depois das 23h, a hora que volto da academia, aí faço um omelete de oito claras e uma gema", conta.

Para saciar a vontade de comer doces, o personal trainer e pós-graduado em nutrição esportiva, Davis Magalhães, liberou que Priscilla comesse um pedacinho de chocolate 85% cacau sempre que sentisse vontade. "Não sou muito viciada em doces, mas isso me ajudou nesse período", admite.

Duas semanas antes do concurso, Priscilla adotou uma técnica diferente das que tinha feito nas outras competições. "Não cortei o carboidrato e nem a água. Continuei fazendo minha dieta normalmente, mas diminui o sal e os temperos utilizados na alimentação", conta.

Melhorias corporais

Como já estava se dedicando aos treinos intensos há nove meses, o objetivo da estudante para essa competição era manter o corpo conquistado e melhorar a definição nos membros inferiores e no abdome. "Do primeiro concurso para o segundo emagreci muito e precisei ganhar massa magra, mas tive dificuldade. No segundo consegui ganhar peso, então mantive e treinei todos os dias para melhorar o que ainda restava", revela.

A mais sarada das academias do Brasil credita o sucesso ao apoio da família, do namorado e dos amigos, mas também confessa que a cobrança estava maior nesta etapa. "Como já tinha ganhado outros dois concursos, a pressão estava muito grande para vencer este também", confessa.

Priscilla ainda não decidiu se irá seguir a carreira de modelo fitness ou se buscará algo na área de publicidade e propaganda. "Ainda não pensei, pois quero aproveitar todas as oportunidades que puder com o concurso", avalia.

Topo