Boa forma

Sem tempo para malhar, Claudia Leitte mantém forma com videogames de Zumba

Divulgação

Thamires Andrade*

Do UOL, em Orlando (EUA)

Com uma agenda lotada, a cantora Claudia Leitte achou uma saída para compensar a ausência na academia: a cantora dança Zumba em qualquer lugar com os videogames da modalidade, que une coreografias com movimentos de atividades físicas. “Fica praticamente impossível fazer musculação por causa da minha agenda, então aproveito e danço Zumba nas brechas que tenho e nos ensaios dos shows”, afirmou a cantora em uma entrevista exclusiva para o UOL depois de se apresentar na abertura da Convenção Mundial de Zumba, em Orlando, nos Estados Unidos.

“Mesmo sem tempo de malhar, me sinto bem com o meu corpo graças aos movimentos da dança. Quando você passa dos 30 anos, o metabolismo muda, mas o suporte de condicionamento que a modalidade trouxe, faz com que eu fique feliz ao me olhar no espelho”, resume.

O primeiro contato de Claudia com a modalidade foi por meio de uma propaganda na televisão.“Estava de férias na Califórnia e vi alguns comerciais. Logo pensei que era algo criado por brasileiros, a coincidência foi que logo depois eles me procuraram para fazer uma parceria no Brasil”, relembrou.

“Recebi todo o material para conhecer a Zumba, mas me apaixonei pelo videogame, pois eu podia dançar e ficar com o segundo filho, Rafael, que tinha acabado de nascer. Virei a musa da Zumba lá em casa”, conta.

A cantora chegou a fazer algumas aulas numa academia no Rio e até fez outras particulares com o criador da modalidade, Beto Perez. “Ele já fez várias coreografias para as minhas músicas, inclusive a de 'We Are One', na abertura da Copa. Mas a primeira parceria de todas foi com a música Largadinho. Isso deu abertura para outras, como Dekole e de uma nova que iremos lançar em breve que é Portunhol”, adianta.

Para Claudia, os benefícios de Zumba vão além das melhorias físicas. “As coreografias me ajudam a conciliar a dança com o canto. A dança não movimenta só o corpo, tem muitas outras coisas envolvidas, como a circulação e a respiração. Na hora de cantar, fica mais fácil”, garante.

Feliz com o convite para ser rainha da bateria da escola de samba Mocidade Independente de Padre Miguel, a cantora tem certeza de que a modalidade “estará com ela na avenida”. “Zumba é samba, alegria, liberdade e expressão que vem da alma e do coração, então tenho certeza que vou levar tudo isso comigo na avenida”, comenta com empolgação.

Equilíbrio na alimentação

Claudia opta por alimentos saudáveis no dia a dia, mas conta que também dá suas escapulidas da dieta. “Sempre dou preferência aos alimentos saudáveis, mas tem dia que como hambúrguer, batata frita e tomo refrigerante. É pra isso que existe a Zumba, vou lá suar e dançar e boto as calorias para fora”, conta aos risos.

No café da manhã, a cantora opta por inhame, baroa, batata-doce e aipim acompanhado de um suco de fruta. Nos lanches intermediários, uma banana com mel, cereal ou geleia. “Se estou no meio de um show ou no trio e já perdi muita água ou quando fico muito tempo sem comer, minha assessora traz pra mim”, revela.

Ela também costuma tomar um suplemento de carboidrato para repor as energias durante as apresentações mais longas. “E claro, tomo muita água, mais de dois litros todo dia”, afirma.

Para matar a vontade de alguns alimentos que adora, como lasanha, Claudia escolhe massas integrais, sem glúten e com pouco sódio. “Mas se estiver jantando com meu marido, como normal, não sou comilona, sou equilibrada na dieta, pois sei que tudo tem limite”, acredita.

*A repórter viajou a convite da Zumba

Topo